JOÃO PESSOA CENTRO HISTÓRICO / FORTE SANTA CATARINA


Passeios em João Pessoa

Quer uma boa dica de Uma Senhora Viagem

Alugue um carro e faça os passeios por conta própria pois é bem mais interessante,você pode mudar a programação,demorar o tempo que quiser em cada lugar etc....
Foi o que aconteceu com a gente, o domingo amanheceu nublado resolvemos, então, deixar as praias para outro dia e aproveitar para conhecer o Centro Histórico.

Chegando lá fiquei meio receosa, pois por ser domingo não tinha "viva alma"na área, embora estivesse ótimo pra fotografar fiquei com certo medo, mas logo chegou um guia de turismo com um grupo. 

João Pessoa é a 3ª capital mais antiga do Brasil e já nasceu como cidade, porém com o nome de Cidade Real de Nossa Senhora das Neves.

Seu Centro Histórico foi reconhecido como Patrimônio Nacional do Brasil em 2007. 
Iniciamos a visita pelo Largo de São Frei Pedro Gonçalves onde encontramos: 

1] A casa onde funcionou a Recebedoria de Rendas.


Acho excelente encontrar uma placa desse tipo que explica um pouco da história de cada lugar.



2] Abaixo o famoso Hotel Globo que foi, na época, um hotel de luxo. Nos últimos tempos a casa funcionava como um Centro de Informações Turísticas.





Infelizmente, não pudemos visitar o Hotel, no portão havia um aviso de que o prédio tinha sido, temporariamente, interditado pela Defesa Civil.



3] A Igreja de São Frei Pedro Gonçalves construída em 1843 possivelmente no mesmo lugar onde já em 1692 existia outra igreja.



 Saindo do Largo e descendo a Ladeira São Pedro Gonçalves cruzamos a linha do trem e chegamos ao Porto do Capim.




Felizmente, essa área está em processo de revitalização e em breve o belíssimo casario estará recuperado .
Pegamos o carro e fomos para a igreja de Nossa Senhora das Neves, Padroeira da cidade.



Dali à pé fomos visitar o Mosteiro de São Bento.







Chegamos a praça Dom Adauto que reúne a igreja do Carmo, Arquidiocese da Paraíba e o Casarão dos Azulejos.







Abaixo a Arquidiocese da Paraíba.


e o Casarão dos Azulejos, revestido de azulejos portugueses, funciona como um órgão administrativo.


Ainda no Centro Histórico encontramos a maravilhosa
igreja de São Francisco.


O conjunto formado pela Igreja, Convento, Adro e Cruzeiro é considerado o maior conjunto no estilo barroco da América Latina.Todo esse complexo começou a ser construído em 1589 e como diz o dito popular essa "obra de igreja" só foi concluída em 1788.
  

Abrigou, inicialmente, os freis franciscanos. Na época da Invasão Holandesa serviu como Forte para os holandeses e no final do século XIV foi usado como hospital Militar. Depois voltou para as mãos da igreja.


O "Adro" [pátio aberto na frente da igreja ] tem 2 muros laterais em pedra e painéis em azulejos azuis, dentro de nichos, que retratam a Paixão de Cristo.





Depois de um tempo admirando essa área externa, compramos os ingressos e aguardamos nossa simpática guia para começarmos a visita.

O tour começa pelo Claustro que é a parte mais antiga. Esse claustro revela influência da arquitetura moura. Os corredores são ornamentados com painéis de azulejos. 


  




Igreja de São Francisco



No teto as pinturas super coloridas retratam a Glorificação dos Santos Franciscanos.




Na foto abaixo, a sala do coro com cadeiras talhadas em madeira onde se sentavam os coralistas. Ao centro, nesse móvel, em madeira, era colocado o livro de canto coral.   


Do mezanino é possível ter essa vista da capela.


A visita com a guia foi muito proveitosa.

Saímos daí para visitar o Forte de Santa Catarina que fica, na verdade, em Cabedelo,distante um pouco de João Pessoa.
Construído pelos escravos, sob o comando dos portugueses, o Forte foi atacado, por terra, pelos franceses em 1597 mas foi reconstruído a tempo de resistir ao ataque de tropas holandesas em duas épocas diferentes.





Abaixo a Capela Santa Catarina.






Endereço do Forte : rua Francisco Serafim, Praia Ponta de Matos, Cabedelo.


FOTOS : J.C. ALVAREZ




Nenhum comentário