26 agosto 2018

É POSSÍVEL CONHECER INHOTIM EM 1 DIA !!!

É POSSÍVEL CONHECER INHOTIM EM 1 DIA !!!



É possível conhecer Inhotim em um dia  ?  


Sim, é possível! E eu vou contar como foi nossa experiência de 1 dia no Instituto Inhotim.

Inhotim, considerado o maior centro de arte contemporânea ao ar livre da América Latina, estava, há tempos, na lista dos lugares que desejávamos conhecer. Enfim, conseguimos encaixá-lo num roteiro de 8 dias em terras mineiras [Capitólio, BH, Ouro Preto].

Partimos de BH, de carro, numa terça-feira por volta de 8h30 e, com a orientação do app Waze, chegamos rapidinho em Brumadinho, cidade onde está localizado o Instituto Inhotim.


# História


O Instituto Inhotim, iniciativa fantástica do empresário Bernardo de Mello Paz, começou como uma propriedade privada por volta de 1980. Apenas em 2002 se transformou em uma instituição sem fins lucrativos e após quatro anos abriu para visitação. Em 2008 foi reconhecido, pelo governo de Minas, como OSCIP - Organização da Sociedade Civil de Interesse Público e teve, em 2009, o mesmo reconhecimento pelo governo federal.

O Inhotim é uma mistura de jardim botânico e museu/parque com instalações de arte contemporânea de artistas renomados em meio a belezas da natureza ,tais como: flores, jardins, gramados e vegetação de todos os tipos. Em Inhotim o visitante não é mero expectador. Sem ele se dar conta, já está interagindo, interpretando e contemplando maravilhado com tudo.

Como visitar Inhotim em 1 dia ?


Nós reservamos apenas 1 dia para visitar Inhotim e para nós foi tempo suficiente para apreciar várias obras, galerias e, lógico, a natureza exuberante que, a cada passo, se apresenta de uma forma linda em diferentes tons de verde e de outros coloridos. Não deu para ver tudo, mas deu pra ver muita coisa legal e ainda deixou a vontade de voltar.

Desde a entrada, vimos indícios da beleza que nos esperava e do ambiente muito bem cuidado e limpo. Ficamos apaixonados pelos imensos bancos de madeira que encontramos ao longo do passeio.

Obras do designer Hugo França
# Eles são obra do designer Hugo França, artista que transforma "resíduos florestais" em móveis, e no caso de Inhotim, em confortáveis bancos, nos mais diferentes formatos .

Belo Horizonte, onde ficar e o que fazer

Pegamos um mapa do parque e assinalamos o que não queríamos perder, mas não ficamos presos a isso. Começamos a caminhar e decidimos seguir pela direita, no trajeto rosa. Porém, acabamos vendo, também, o trajeto amarelo. E, quando percebemos, já estávamos no trajeto laranja. Enfim, visitamos muitas coisas legais.

Mapa do Inhotim
Para qualquer lugar que você olhe, encontrará algo interessante para ser apreciado.




Dentre as obras vistas, algumas chamaram mais a nossa atenção :

# À beira do lago, a obra Bisected Triangle do artista americano Dan Graham : um pavilhão em vidro espelhado e curvo que causa distorção na imagem e uma percepção diferente da profundidade. Como reflete a paisagem do entorno, confunde o que está dentro ou fora do pavilhão.


Próximo à essa obra, encontramos esse ambiente de contemplação e, sentados nessas cadeirinhas, nós tivemos a primeira visão das famosas paredes coloridas de Hélio Oiticica.

.


Continuando nossa caminhada, encontramos o Centro Educativo Burle Marx, prédio de arquitetura moderna, onde funciona um espaço de formação e de qualificação profissional para os moradores do entorno.
 #  Logo nos chamou a atenção algumas pessoas trabalhando na cobertura do prédio. Como era livre o acesso, subimos e nos deparamos com uma obra da incrível artista plástica japonesa Yayoi Kusama : Narcissus Garden Inhotim.  Essa versão foi feita especialmente para o Instituto e são 500 esferas em aço inox flutuando em lagos artificiais e, de acordo com o vento, se movimentam.


Vejam o cuidado dos funcionários com a limpeza das peças.


# Abaixo, o trabalho de Hélio Oiticica,"Invenção da Cor, Penetrável Magic Square #5", o que primeiro chama atenção são as cores, mas, quando se chega perto, percebe-se várias maneiras de explorar a obra : tamanho, sombra, ver através dos vazados, esconder e procurar.


  
  Abaixo, as estátuas em bronze de Edgard de Souza. Trazem um aspecto lúdico pois lembram uma pessoa se preparando para uma cambalhota. Dá vontade de brincar, repetindo o movimento.


Todas as construções que abrigam obras/instalações/exposições estão em lugares especiais e essa, com paredes de vidro, consegue integrar a obra de Tunga com a natureza do entorno.

O olhar de cada pessoa é capturado por coisas diferentes e é muito legal observar essas diferenças :  um fotografando detalhes de uma flor enquanto outro tenta mirar uma borboleta. Há quem queira fazer self ao lado de cada obra famosa e também aqueles que brincam e interagem nas instalações.

Que tal sair de uma galeria e se deparar com um banquinho assim  ?



Gui Tuo Bei do artista plástico chinês Zhang Huan

# A imponente escultura acima é do artista Zhang Huan e traz uma tartaruga, com seu próprio rosto na base, sustentando uma coluna com "escritos" em chinês. A tartaruga, em monumentos, costuma simbolizar longevidade. Os escritos contam a história de um homem já velho que consegue, com ajuda de seus descendentes, mover as montanhas que impediam o caminho até sua casa. A mensagem mais ampla é determinação e esforço levam à realização de um objetivo.
    
# E os fuscas coloridos do artista plástico Jarbas Lopes não são lindinhos ? A obra chama-se Troca Troca e é muito procurada por todos que visitam Inhotim. Eles ficavam ao ar livre, mas depois passaram a ser exibidos em um pavilhão coberto.


# Em uma área interna, ao lado dos fusquinhas, estão dois murais de John Ahearn e Rigoberto Torres. As obras têm um grande valor por retratarem a vida do povo da região em situações reais. No primeiro está a Rodoviária de Brumadinho e uma apresentação musical que lá acontece. Já o outro mural retrata uma Procissão que ocorre na capelinha do parque. Os modelos desses murais/painéis foram alguns moradores da cidade e funcionários do Inhotim.

# Ficamos encantados com os trabalhos de Luiz Zerbini expostos em uma das galerias. Contraste de cores... Formas instigantes... Cenários urbanos...

Quadro Pintura Velha de Luiz Zerbini 2013.

Tríptico Dark é o nome do trabalho em 3 telas de Luiz Zerbini que vai levando o visitante a se aprofundar nos quadradinhos.





                                     
Luiz Zerbini
                                       #   Embrionário, de Elisa Bracher.
                                            Toras de madeira que se apoiam.


                                                   Beam Drop, de Chris Burden.
                                                     Vergalhões que se equilibram.


                                                   
                 Ver as diferentes facetas da vida na View Machine, obra de Olafur Eliasson !



                                                           Frutos exóticos em Inhotim


Na galeria Adriana Varejão encontramos diferentes trabalhos tendo como base a azulejaria. O prédio é uma obra de arte, um cubo de concreto, onde tudo provoca sensações  : escada suspensa, ambiente sem janelas, uma rampa estreita com paredes muito altas, terraço com vista de um verde infinito.


Lygia Pape ocupa um pavilhão com a obra Ttéia 1C, onde fios metalizados unem o teto ao chão em um ambiente bem escuro e iluminado apenas por alguns focos de luz.


            Enquanto o visitante se desloca pelo Inhotim, aprecia belas áreas gramadas e jardins bem cuidados.



Não sou muito apreciadora de arte contemporânea, porém tenho que me render completamente às obras do Inhotim que se harmonizam e se contrastam com a natureza e com o paisagismo do complexo.

Os funcionários do parque são muito simpáticos e solícitos. Ao nos verem por mais tempo perto de uma planta, vinham para conversar ou dar informação à respeito.

Ingresso

Nosso ingresso saiu bem barato porque já passamos dos 60, logo tem desconto. Mas, para nossa surpresa e economia, no mês de março na compra de um ingresso o outro era gratuito.

Estrutura


# O estacionamento é bem amplo e há uma estrutura pra recepcionar grande número de visitantes.
# Bilheteria com vários guichês, mapas do parque à disposição e banheiros. Há também outros banheiros distribuídos pelo museu/parque.
# Não abre segunda feira. Toda quarta feira a entrada é gratuita. O horário de abertura é 9h30.
# Meia entrada para maiores de 60. Carrinhos elétricos percorrem o parque facilitando o transporte de quem necessitar.
# Três restaurantes, duas lanchonetes e dois Cafés atendem aos visitantes no quesito alimentação.
# A Inhotim Loja Design comercializa produtos muito interessantes e é quase impossível não querer trazer um pouquinho do Inhotim com você.



                                                             FOTOS: J.C. ALVAREZ


VIAGEM DE CARRO EM MINAS GERAIS


Bem, nosso roteiro por terras mineiras foi organizado assim : chegamos em BH/Confins em uma 5ª feira pela manhã. Tínhamos alugado um carro na Movida através do site da RentCars. As empresas que alugam carros têm stand dentro do aeroporto, porém os carros ficam em uma área próxima ao mesmo. As vans das locadoras pegam as pessoas em paradas sinalizadas com a placa da locadora na calçada do aeroporto e levam para a retirada do carro.

De Confins fomos direto para Capitólio, onde ficamos 3 dias. No domingo, após o café da manhã, voltamos para BH onde permanecemos 3 dias, sendo que, em um deles, fomos visitar Inhotim. Na quarta feira de manhã saímos de BH rumo a Ouro Preto e fizemos um passeio a Mariana. Retornamos para BH na sexta feira bem cedo. Então, devolvemos o carro na locadora que nos levou até o aeroporto para pegarmos nosso voo de volta ao Rio. 

Passagem aérea Rio/BH/Rio ---- 9.000 pontos na milhagem TAM
Aluguel do carro----- pela Rentcars online. Usamos o waze para fazer todos os percursos de carro.
Pousada Fecho da Serra em Capitólio [3 diárias]------- Booking
Hotel Esuites Toscanini em BH [3 diárias]----------Booking
Mirante Hotel em Ouro Preto [ 2 diárias]-----------Booking



Leia Também

2018
Belo Horizonte
Belo Horizonte, Onde Ficar e o Que Fazer

Brumadinho
Descubra as Opções de Restaurantes em Inhotim

Capitólio
Capitólio, Como Chegar e Onde Ficar
Passeios em Capitólio

  1. Que delicia seu roteiro! Amo as preciosidades de Minas e quero muito ir a Capitólio. E Inhotim, o que é esse lugar???!!!! Maravilhoso, incrível! Fizemos o roteiro em dois dias, mas porque estávamos com crianças. Concordo plenamente que em um dia da pra ver quase tudo!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As crianças devem ter amado pois é um museu que convida à interação. É importante respeitar o ritmo deles. beijocas

      Excluir
  2. Amei o post, as fotos estão lindas, e fiquei feliz em saber que podemos conhecer Inhotim em um dia, pois queremos conhecer as preciosidades de Minas, como fizeram Capitólio e Ouro Preto também ;)

    ResponderExcluir
  3. Acredita que ainda não conheço o Estado de MG? Que falha a nossa. Amei o post, espero poder conhecer em breve.

    ResponderExcluir
  4. Lilian, adorei o post pois faz anos que quero ir pra Inhotim mas sempre a ideia de ficar tantos dias em um único atrativo me cansava só de imaginar. haahahah
    Obrigada por compartilhar.

    ResponderExcluir

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search