24 outubro 2018

BÚZIOS, BATE E VOLTA DE CABO FRIO

BÚZIOS, BATE E VOLTA DE CABO FRIO

Búzios é assim : bela, simples, romântica, esportiva !



Bate e volta
Búzios foi distrito de Cabo Frio até 1995 quando se emancipou. A distância entre as duas cidades é de apenas 25km, o que facilita que o turista visite essas 2 cidades numa só viagem. Hoje, muitos turistas escolhem uma cidade como base e visitam várias outras no entorno. Nós estávamos hospedados em Cabo Frio e fizemos um bate e volta a Búzios e Arraial do Cabo.

Como ir a Búzios ?
A melhor maneira de chegar a Búzios é de carro pois te dá autonomia para passear pela cidade no seu ritmo e fazer o roteiro que mais lhe agradar. Além do que, algumas praias ficam mais afastadas.

Para saber diferentes formas de chegar a Búzios, clique buziosturismo.com.

 O que fazer em Búzios em um bate e volta ?
Sempre que chegamos à cidade, estacionamos o carro e fazemos esse roteiro à pé .

1] Rua das Pedras é a principal rua da cidade e da badalação. Nela estão vários restaurantes, lojas e sorveterias. É uma rua de pedestres. Durante a manhã e parte da tarde é pouco frequentada e algumas lojas permanecem fechadas, mas a partir das 15h em diante o movimento é intenso.

Rua das Pedras, Búzios. 
2]  Praia do Canto, paralela à Rua das Pedras, nem sempre é vista por quem anda na rua pois as lojas ficam entre a praia e a Rua das Pedras. É uma praia gostosa para caminhadas na beira do mar, e muito tranquila para banho, em especial, no seu canto esquerdo.

Praia do Canto, Búzios.
Caminhando pela rua das Pedras, às vezes, é possível ver a praia do Canto através de uma passagem entre as lojas ou através de alguma vitrine.

Praia do Canto vista de uma passagem entre lojas.
                                           

Através da vitrine dos fundos da loja Farm vê-se a Praia do Canto. 
Leia também : Onde ficar em Búzios.

3]  Orla Bardot é o calçadão que dá continuidade à rua das Pedras. Super elegante, tem, de um lado, o mar, carramanchões de flores e banquinhos. Do outro lado, algumas lindas casinhas coloniais abrigando restaurantes e belas construções, no alto, abrigando hotéis. Tem a Brigite Bardot em estátua e Juscelino Kubitschek, também !! Um charme só !

Estátua de Brigite Bardot e de Juscelino Kubitscheck

Adicionar legenda


Búzios era uma sossegada vila de pescadores até a década de 1940 quando começou a ser descoberta por turistas. Em 1964, a visita da atriz francesa Brigite Bardot voltou os olhos do mundo para essa península encantadora. Pouco a pouco, outros turistas foram chegando e, como não podia ser diferente, se apaixonaram pela cidade. Os argentinos, em especial, descobriram Búzios na década de 1970 e, desde então, muitos adotaram a cidade como moradia e trabalho.

Estátua dos Pescadores
# A novidade na Orla Bardot é o restaurante Madame Bardot, que ocupa uma área privilegiada e ideal para apreciar os barquinhos no mar e curtir o por do sol. Não fomos ao restaurante, então não posso avaliar comida e serviço. Mas, a reforma deixou o casarão colonial muito bonito e o lugar é um charme.

Orla Bardot
Leia também : Bairro da Passagem, onde se hospedar em Cabo Frio.

4] Continuando a caminhada pela Orla Bardot, chega-se ao píer de onde saem escunas para passeios, e, seguindo em frente, é só subir a Ladeira de Sant'Ana para encontrar a Igrejinha de Sant'Ana.


Foi construída em 1740 por Brás de Pina, comerciante português que trabalhava com carne de baleia, na época em que Búzios foi um entreposto de caça às baleias. A praia dos Ossos era o local onde os escravos trabalhavam separando os ossos da carne das baleias. A Igrejinha de Sant'Ana é a única construção remanescente da época.

A igrejinha fica numa posição privilegiada, ou seja, em cima de um morro e, lá de cima, é possível apreciar a Praia dos Ossos no lado direito e barquinhos pra qualquer direção que se olhe.

Vista do mirante da Igreja de Sant'Ana em Búzios.
5] Descendo a escada, que fica do lado direito da igreja, chega-se à praia dos Ossos.

Praia dos Ossos
# Pequena extensão de areia com sombra de amendoeiras e águas muito calmas, assim é a Praia dos Ossos. Localizada entre a Igreja de Sant'Ana e o caminho para as praias Azeda e Azedinha tem, ainda, um ponto de táxi aquático que faz transporte para as diferentes praias. É um lugar muito agradável para curtir um fim de tarde.

6]  Subindo a ladeira, que fica à direita da praia dos Ossos, chega-se à 2 praias : Azeda e Azedinha.
Para chegar até elas é preciso descer uma escada de madeira, mas é legal porque, enquanto desce, tem uma visão panorâmica da praia. Essas duas praias são acessíveis à pé ou de barco. Emolduradas por costões de pedra, elas parecem cenário de filme ! Como são pequenas, elas logo ficam cheias de banhistas.


 
7] Outra rua legal com bares, restaurantes e lojas é a rua Manoel Turíbio de Farias, paralela à rua das Pedras.

8] Noite em Búzios
A noite em Búzios é bem animada com várias opções do que fazer, mas não perca de jeito nenhum a apresentação de rock no The House of Rock and Roll. Clássicos da antiga com um trio pra lá de afinado e experiente arrasa nas noites de 5ª feira a domingo. Nesse dia do bate e volta, ficamos até tarde na cidade especialmente para assistí-los. Não perdemos por nada ! Eles se apresentam em um bar no shopping que fica no início da rua das Pedras.
The House of Rock and Roll em Búzios.
Isso foi o que fizemos no bate e volta a Búzios, porém a cidade tem muitos outros lugares legais para serem conhecidos.

Leia também : Búzios : sempre charmosa, badalada e chic.
                        Onde comer em Búzios.


VIAGEM DE CARRO À REGIÃO DOS LAGOS

Nosso roteiro pela Região dos Lagos foi assim :
Saímos de carro do Rio de Janeiro, cidade na qual residimos, em uma 5ª feira, final da manhã  em direção a Cabo Frio. Pegamos a Ponte Rio-Niteroi, a estrada Rio/Manilha e depois a Via lagos.

Do Rio até Cabo Frio são 167km, mas, como fomos devagar, só chegamos por volta de 14h.

No 1ª dia passeamos pelo entorno do Hotel Boutique Recanto da Passagem, que fica no lindo bairro da Passagem, e revisitamos outros pontos turísticos de Cabo Frio. No 2º dia fomos a Arraial do Cabo, voltamos para Cabo Frio, por volta das 15h, e aproveitamos o resto do dia na cidade.
No 3º dia passamos a manhã na Ilha do Japonês e fomos, à tarde, para Búzios, de onde só retornamos às 21h30. Já no 4º dia nos despedimos dos vários recantos de Cabo Frio e voltamos para o Rio às 15h.

Pra ida e volta a Cabo Frio, além dos passeios por Arraial do Cabo e Búzios, gastamos um tanque e meio de  gasolina.
A hospedagem em Cabo Frio foi no Hotel Boutique Recanto da Passagem  3 diárias, reservadas através do site do Booking-----R$ 873,25, parcelado em 6 vezes.
Jantamos em um dos restaurantes do Largo de São Benedito
No dia que fizemos bate e volta a Búzios, almoçamos e jantamos no Bananaland, rua Manoel Turibio de Farias 50.



                                                   FOTOS : J.C. ALVAREZ



Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search