13 abril 2018

PASSEIOS EM CAPITÓLIO




Antigamente, quando eu planejava a viagem para um destino, ficava aflita querendo incluir no roteiro todos os pontos turísticos e fazer todos, ou quase todos, os passeios. Assim acabava não aproveitando-os em sua plenitude. De um tempo pra cá, tenho organizado roteiros mais leves.
Em nossa viagem para Capitólio ficamos 3 dias e fizemos 4 passeios muito legais.

O que fazer em Capitólio :

 1]  Passeio de Lancha

No primeiro dia fizemos o passeio de lancha pelo Lago de Furnas, um dos passeios mais procurados por lá. Partimos em uma das lanchas da Pousada do Rio Turvo, vizinha à nossa. A paisagem no início do percurso é bem diferente do que vamos encontrar depois.

A lancha, na qual fizemos o passeio, tinha capacidade para 11 passageiros e era bem confortável. O piloto foi nos falando sobre a história da região.
À medida que a lancha avança pelo Lago de Furnas, outras paisagens surgem e o verde da água só muda de tom de verde escuro para verde claro e transparente. 

                                    Capitólio, como chegar e onde ficar.

#  Cachoeira Lagoa Azul
A primeira parada foi na parte baixa da Cachoeira Lagoa Azul, onde ficamos 20 minutos para que todos pudessem nadar.


Importante salientar que a Cachoeira Lagoa Azul tem 2 partes : A parte de cima é acessível pela estrada para Passos. Você deve parar no Empório Azul, que é um restaurante na beira da estrada, pagar uma taxa e colocar uma pulseira de identificação que dará direito a ficar por lá durante o dia. Depois é só seguir por uma trilha e, ao chegar à cachoeira, dar um tchibum e curtir. Me disseram que essa parte é muito bonita. Estando lá, os visitantes também podem descer para a parte mais baixa.
Já a parte baixa da Cachoeira Lagoa Azul é acessada pelo passeio de lancha no Lago de Furnas. Quem quiser subir para conhecer a parte de cima deve pagar uma taxa no bar flutuante. Acho que não vale a pena, devido ao tempo pequeno de parada nesse local.

Na segunda parada, o banho de cachoeira é um convite quase irresistível ! Uma cachoeira bem forte fica do lado direito e os barcos param bem pertinho para os visitantes mergulharem. Antes de continuar o passeio, o piloto parou a lancha com a proa bem embaixo de outra queda d'água para que cada casal tomasse uma ducha e tirasse uma foto. A ducha geladinha e revigorante parecia nos dizer assim: Você sai de Capitólio, mas Capitólio não sai de você !!!!



#  Vale dos Tucanos
Para conhecermos o Vale dos Tucanos, a embarcação entrou em um braço do Lago. O caminho foi se estreitando, sendo possível chegar perto dos paredões dos cânions, que são formados por camadas de pedra parecidos com pedra São Tomé. Antigamente, tucanos voavam nessa área e faziam seus ninhos, mas a movimentação de pessoas e lanchas os afastaram. Muitos barcos circulam em um espaço estreito e o "trânsito de lanchas fica engarrafado".



Nossa última parada foi em um pier flutuante onde, apesar de ser possível o mergulho, a grande atração era a cerveja artesanal Scarpas, produzida em Capitólio.  Quem provou, aprovou !!!!

         
Ninguém caiu na água e não demoramos muito pois queríamos escapar da chuva forte que ameaçava cair. Fomos em março, mês típico de chuvas de verão, mas elas chegavam e rapidamente iam embora e logo o sol voltava.
O passeio de lancha vale cada centavo e os lugares visitados são realmente lindos !

O que fazer em Capitólio

# 2] Mirante dos Cânions 

À tarde, de carro, partimos para conhecer o Mirante dos Cânions, que como o nome diz, é um mirante de onde se pode apreciar, por outro ângulo, os cânions do Lago de Furnas.
Para ver a parte alta dos cânions é necessário parar o carro em um estacionamento/acostamento da estrada [ na direção de Passos] e passar por um portão pois a área é uma propriedade privada e cercada, acho que é só para controle do número de visitantes, já que não é feita a cobrança de ingresso, ou seja, esse passeio é gratuito. Caminhadinha mínima e logo o queixo cai. Uau !!!





Fiquei com certo nervoso de olhar lá para baixo e não sei como algumas pessoas se arriscam tanto para tirar fotos legais.
O visual é espetacular e, de tempos em tempos, se avista uma lancha deslizando pelo Mar de Minas. Olhando, para o lado esquerdo, há uma cachoeira. As paredes dos cânions parecem esculturas em pedra.


Assistir o por do sol dali deve ser o máximo, mas, no dia que fomos, o tempo abria e fechava com rapidez.   

# Um passeio diferente é conhecer a Usina Hidrelétrica de Furnas e nós resolvemos dar uma espiada. Na estrada para Passos há uma indicação para entrar à esquerda e, depois de um pequeno trecho, se encontra o Mirante de Furnas, de onde se tem vista da hidrelétrica e do Lago. Depois, passa-se em uma ponte, por cima da hidrelétrica, e se avista o Lago de outro ângulo.

A Usina Hidrelétrica de Furnas foi construída entre 1958 e 1965 para fornecimento de energia elétrica para uma parte do país em um momento de crescimentos das indústrias brasileiras. A construção de Furnas provocou desocupação de áreas férteis, desalojou em torno de 35 mil pessoas e provocou grande impacto ambiental com a inundação. O turismo e a pesca passaram a ser atividades econômicas de destaque para a região.

O que fazer em Capitólio

# 3]  Trilha do Sol

No dia seguinte, saímos de manhã cedo para fazer o passeio Trilha do Sol. Acho que tem esse nome porque você caminhará pelas trilhas, se o tempo estiver aberto, debaixo de sol todo tempo.


Maravilhosas cachoeiras, alguns mirantes e trilhas - por caminhos com diferentes tons de verde da mata a perder de vista - fazem você se sentir uma formiguinha diante da grandiosidade da natureza. Deveria se chamar Trilha do Paraíso pois só tem coisas lindas, lindas, lindas !
Iniciamos a caminhada seguindo alguns visitantes que estavam à nossa frente, mas logo surgiram os guias e deram orientações do percurso a ser seguido. As trilhas são estreitas, porém sinalizadas e estruturadas. Em alguns trechos têm escadas e uma corda, como se fosse um corrimão, onde dá para se apoiar para subir ou descer. Veja foto abaixo.


A estrada para Trilha do Sol fica entre Capitólio e a ponte do rio Turvo e é bem sinalizada. Para quem vem de Capitólio, a entrada fica à direita, percorre-se um trecho em estrada de terra e chega-se a um complexo formado por estacionamento, restaurante, piscina, redário e recepção - onde são vendidos os ingressos para acesso ao passeio. No ato de compra dos ingressos, cada pessoa recebe uma pulseira de uso obrigatório.

                                          
                                          Capitólio, como chegar e onde ficar

 O que fazer em Capitólio

# 4] Cachoeira Capivara 

Esse é um passeio combo, ou seja, você pensa que é só uma atração, mas são duas : Cachoeira da Pedra Ancorada e Poço da Capivara. A Cachoeira Capivara ainda não é muito conhecida, porém tenho certeza de que não é por falta de atributos, visto que é um lugar m-a-r-a-v-i-l-h-o-s-o. Na estrada para Passos e bem pertinho da Cascata Eco Parque está a estradinha que leva à porteira da Cachoeira da Capivara. Abaixo, a guarita onde é feito o pagamento de uma taxa de 20 reais por pessoa e o rapaz da portaria dá as primeiras orientações.



Da guarita até o estacionamento são 1,5 km e dalí é só seguir à pé e se encantar com a paisagem.



Na Cachoeira da Pedra Ancorada tem várias piscininhas e um grande trecho do rio é bem raso. É possível atravessar o rio e continuar caminhando pela outra margem para chegar mais à frente, onde outras formações rochosas formam pequenas quedas d'água.
No dia de nossa visita, o caminho para o Poço da Capivara não estava dando passagem por causa da chuva no dia anterior. Então, quem quisesse visitá-lo, deveria ir por um caminho alternativo, passando antes pela Cachoeira da Pedra Ancorada. Para isso, é necessário atravessar o rio e entrar em uma trilha. Nós não fomos pois o tempo, à tarde, não estava firme, mas um casal conhecido foi pela manhã e nos contou que, após pegar a trilha, andou mais ou menos uns 800 metros para chegar até ao Poço e disse que é um lugar muito legal.

Apesar de não ter estrutura de banheiro e lugar para comer, eu achei a Cachoeira da Capivara bem cuidada. Vários guias uniformizados circulam pelos caminhos e cachoeiras orientando os visitantes.

           É preciso dizer que em 3 dias você consegue fazer muitas coisas legais em Capitólio.

Qual a melhor época para visitar Capitólio ?

A maioria dos passeios em Capitólio envolve trilhas, cachoeiras e passeio pelo Lago de Furnas portanto época de chuva e de frio não é muito adequada e quem for não aproveitará tanto as atividades.

Público dos passeios 

Os passeios que eu fiz em Capitólio considerei acessíveis para crianças, jovens, adultos e pessoas mais velhas. No passeio de lancha o piloto dava 2 orientações : que todos usassem colete salva vidas, mesmo sabendo nadar, e onde o mergulho era indicado. 
Algumas trilhas eram mais planas e largas, outras mais estreitas e íngremes mas nessas degraus em pedra e corrimão de corda ou cabo de aço ofereciam condições de descida e subida. 
É fundamental estar de tênis ou sapatilha de andar em rio pra percorrer em segurança os locais. Quando a caminhada for em rio ou sobre pedras o cuidado deve ser redobrado pra evitar escorregões pois além do caminho estar molhado pode também estar com limo.
Considerei inacessível para carrinho de bebê e cadeira de rodas.


Para que você, leitor, tenha mais informações sobre Capitólio veja como foi a experiência da minha amiga blogueira Quênia do Viagens Por Aí.

VIAGEM DE CARRO EM MINAS GERAIS


Bem, nosso roteiro por terras mineiras foi organizado assim : chegamos em BH/Confins em uma 5ª feira pela manhã. Tínhamos alugado um carro na Movida através do site da RentCars. As empresas que alugam carros têm stand dentro do aeroporto, porém os carros ficam em uma área próxima ao mesmo. As vans das locadoras pegam as pessoas em paradas sinalizadas com a placa da locadora na calçada do aeroporto e levam para a retirada do carro.

De Confins fomos direto para Capitólio, onde ficamos 3 dias. No domingo, após o café da manhã, voltamos para BH onde permanecemos 3 dias, sendo que, em um deles, fomos visitar Inhotim. Na quarta feira de manhã saímos de BH rumo a Ouro Preto e fizemos um passeio a Mariana. Retornamos para BH na sexta feira bem cedo. Então, devolvemos o carro na locadora que nos levou até o aeroporto para pegarmos nosso voo de volta ao Rio. 

Passagem aérea Rio/BH/Rio ---- 9.000 pontos na milhagem TAM
Aluguel do carro----- pela Rentcars online. Usamos o waze para fazer todos os percursos de carro.
Pousada Fecho da Serra em Capitólio [3 diárias]------- Booking
Hotel Esuites Toscanini em BH [3 diárias]----------Booking
Mirante Hotel em Ouro Preto [ 2 diárias]-----------Booking



                                                       FOTOS : J.C. ALVAREZ


  1. Lilian excelente post. Você me deixou com vontade de voltar para Capitólio e fazer estes lindos passeios que não fizemos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Capitólio tem muita coisa legal pra fazer e é bom deixarmos lugares lindos para voltarmos. Vocês nos inspiraram com o post e as fotos. beijocas

      Excluir
  2. Por qual empresa você fez os passeios? tem alguma indicação?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Julia, fizemos todos os passeios por conta própria. O passeio pelo Lago de Furnas foi com a Pousada do rio Turvo e contratamos na hora.
      Lilian

      Excluir
  3. Quero muito conhecer este lugar. Obrigada!

    ResponderExcluir

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search