CARAÍVA

Nossa primeira vez em Caraíva foi em 2004. Chegamos à beira do rio Caraíva e nosso guia/motorista do jeep nos apresentou a vila : "agora é só atravessar o rio, nessa canoa de madeira, e chegamos". 

Do outro lado, Caraíva. Uma vila pacata, com "ruas de areia", casinhas , canoas e bicicletas "estacionadas" e uma paz sem fim. E como disse Gil naquela canção 
"A paz invadiu o meu coração"[clique nessa frase e ouça]

Depois de uma tarde deliciosa, saímos de lá na certeza de um dia voltar.
Esse dia chegou em março de 2015.

Chegamos ao mesmo rio, estacionamos o carro e logo vimos novidades na área: a canoa tinha sido substituída por um barquinho, pier/cais de um lado e do outro facilitava a entrada e saída das pessoas no barco. 

No mais, lá estava Caraíva. A mesma paz, que me trouxe a mesma canção:
"A paz invadiu o meu coração"  




A mesma vila ? Quase !
 Muitas pessoas descobriram esse paraíso. Então, tem turista chegando e circulando pelo rio ou pela praia a todo momento.
 As casinhas estão pintadas em cores fortes e muitas se transformaram em bares, restaurantes e lojinhas. 




Ao chegar do outro lado do rio, em Caraíva, propriamente dita, se pegar o caminho à direita encontrará casinhas, restaurante, uma ladeira e esse estacionamento de carroças puxadas à cavalo... Fiquei apaixonada !!!!


   Ao final uma igrejinha. 


Se sua opção for seguir o caminho à esquerda, passará pelas "ruas de areia",


pelo comércio local e restaurantes.



Logo, logo chegará à praiazinha de rio.


O que fazer em Caraíva ?  

Aproveite a praia de rio pois a temperatura da água é uma delícia. 


Outra grande pedida é caminhar pela beira da praia e dar um mergulho no mar. 


Tudo isso acompanhado ao longo do dia por uma água de coco ou cervejinha gelada.
Na "esquina do rio com a praia" uma estrutura rústica de madeira disponibiliza cadeiras e vende petiscos e bebidas.


Para almoçar fomos ao Boteco do Pará comer os famosos pastéis. Provamos o pastel de arraia e nos fartamos com os de camarão. 
Escolhemos uma mesa embaixo das árvores e à beira do rio.




Saboreei meus pastéis admirando o céu através da copa das amendoeiras.


Depois do almoço resolvemos fazer um passeio por Caraíva, e vejam só quem atravessava solitário o rio !



Barquinhos como esses fazem passeios pelo rio. 



As ruas são um charme só ! Quem fica hospedado em Caraíva pode desfrutar desse ambiente calmo, sem carros nas ruas e sem calçadas e onde é possível andar descalço.


Casinhas coloridas, como essas, dão um toque especial ao pequeno vilarejo.



Parece a mesma Flor
Só muda o coração
Quando se unem são 
A Flor que inspirou a canção
[Maria Gadu]


Passamos uma dia maravilhoso em Caraíva !  
Quando você visita Caraíva recarrega sua alma, seu espírito, suas energias...
Vale cada segundo.   





De Trancoso a Caraíva são 38 km, mas leve em consideração que não dá para correr nessas estradas, pois são de mão dupla e em alguns trechos a conservação deixa a desejar.
A sinalização é boa, portanto, fácil chegar até lá.  


FOTOS : J.C. ALVAREZ



9 comentários

  1. Que lugar gostoso!! E essa igrejinha é um charme, hein?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adoro essas igrejinhas de vilarejos brasileiros !

      Excluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  3. Sua apresentação foi tão fofa, as fotos tão lindas, que somados as cores, conquistou meu coração! A "Senhora Viagem" tem muita coisa boa pra contar e compartilhar! Beijos querida.

    ResponderExcluir
  4. Que delícia de lugar, Lilian! Eu morro de saudade de ir para um lugar pacato e natural como esse, faz muitos anos que não me embrenho num canto gostoso assim, pacífico! Adorei!

    ResponderExcluir
  5. Lilica, após ler encantada e enfeitiçada este post, estou me sentindo na obrigação de visitar Caraíva! Culpa sua! Quem mandou escrever poeticamente e postar fotos lindíssimas desse PARAÍSO!!!!!! kkkkkk...
    Será que ainda encontro pousada e passagem pra lá no período do Carnaval?
    Bj!!!!!

    ResponderExcluir
  6. Caraíva é exatamente assim... esse lugarejo que a gente promete voltar pois tem um charme e calmaria que o coração pede de vez em quando! Me apaixonei, pena ter deixado só um dia,pois a vontade era ter ficado mais. Esse Rio gostoso e essas ruas e casinhas coloridas lindas.

    ResponderExcluir