MACEIÓ LAGOA DE MUNDAÚ

O passeio à Lagoa de Mundaú é programa para uma manhã ou uma tarde. As empresas de turismo pegam os turistas nos hotéis e deixam num pier à beira da lagoa de onde partem os barcos.




 Confesso que, no início, fiquei receosa com o tamanho do barco e a quantidade de pessoas, mas logo me envolvi com a beleza da paisagem e verifiquei que a embarcação era segura.



Segundo os guias, a Lagoa de Mundaú vem sofrendo com o assoreamento e alguns trechos estão muito rasos dificultando a navegação de escunas e canoas. Tem que conhecer bem o trajeto a ser feito para não encalhar a embarcação. A poluição é também motivo de preocupação, principalmente daqueles que tiram o seu sustento dessas águas e vivem do turismo.



  
Durante o passeio, que dura 3h, os guias relatam a história das pequenas ilhas e de seus proprietários, curiosidades sobre alguns animais, e fazem 2 paradas: em uma das praias e na ilha do Carlitos.

Pensa bem, passar uma tarde em uma ilha dessa, nada mal !!!




A vegetação, que predomina nessa região, é composta por coqueiros e manguezais.




Além do céu azul, sol maravilhoso e aquela brisa para amenizar o calor, o passeio é embalado ao som de um CD com boa seleção musical: forrós, MPB e outras músicas, tendo Maceió como tema. O CD foi produzido pelos condutores do barco e estava à venda.

                "...Ai que saudade do céu, do sal, do sol de Maceió...
                                                       M de mar
                                                       A de amor
                                                       C de carinho
                                                       E de eterno
                                                       I  de ilusão
                                                       Oh Maceió você roubou meu coração..."
                                                                      [trecho da música Saudade de Maceió]

Essa é a parada na praia de onde se vê a comunicação entre a Lagoa de Mundaú e o mar.



 

O tempo de permanência nessa praia é muito pequeno, tendo em vista a beleza do lugar e a variedade de coisas a serem exploradas. É possível fazer caminhada em várias direções, mergulhar na lagoa ou no mar ou apenas sentar na praia e admirar a natureza.
Há uma palhoça onde são vendidos refrigerantes e cerveja e uma moça prepara queijinho coalho assado delicioso!

A parada seguinte foi na ilha do Carlitos, que oferece infra estrutura:
bar, restaurante, piscina, banheiros, jogos. 
Há quem prefira passar o dia assim.


Quem roubou a cena nessa tarde foram os micos, que foram chegando de mansinho e, de repente, atacaram a caipirinha de um grupo de jovens que se divertia na piscina.




Depois atacaram um picolé comprado especialmente para "eles", que, a essa altura, já formavam um grupo de 6 micos e um filhotinho.



De lá empreendemos nosso retorno durante o qual vimos o anunciado pôr do sol na Lagoa de Mundaú ao som de Martinho da Vila.

"...Terra rendeira, Eliane praieira
Vamos pra Paripueira
Vai ter sururu, vai ter sururu
e o mané fica na beira da Lagoa de Mundaú
Na Lagoa de Mundaú, na Lagoa de Mundaú
vou tomar uma surradinha..."
                            Trecho da música "Só em Maceió"






FOTOS: J.C.ALVAREZ



Leia também:


Nenhum comentário