O QUE FAZER EM ARRAIAL ? PARTE II "AS PRAIAS DE ARRAIAL D' AJUDA : MUCUGÊ, PESCADORES, ARAÇAÍPE E APAGA FOGO.


Praia de Mucugê

Caminhando pela rua Mucugê até o final, chega-se à praia de mesmo nome. Essa praia fica bem cheia por ser uma praia central e ter a "tal infra estrutura das barracas", que oferecem cadeiras e guarda sol, além de servir refrigerantes, bebidas, petiscos e refeições. São, na realidade, restaurantes pé na areia. Algumas cobram consumação mínima. 

Basta sair de perto das tais barracas para desfrutar de uma praia quase deserta.




Eu não tenho mais a menor paciência de ficar estirada ao sol. Amo andar à beira do mar, ainda mais com a temperatura das águas baianas. Amo deitar na beirinha, naquela água rasinha e ficar ali esquecida de tudo.




Acho que muitos turistas, que estão em Arraial, começam a conhecer as praias da região pela praia de Mucugê, que funciona como um divisor/marco. Então, chegando à praia, se você virar à esquerda, estão as praias: Pescadores, Araçaípe e Apaga Fogo. Se você virar à direita: Parracho, Pitinga e Taípe.

Nós fomos na direção de Porto Seguro, ou seja, para a esquerda e chegamos até a praia Apaga Fogo.


Passamos pelo Projeto Coral Vivo, que estuda e desenvolve um trabalho de preservação dos recifes de coral. Aí na praia fica o Centro de visitantes e a Base de Pesquisas. O acesso é pela Estrada da Balsa no Arraial d'Ajuda Eco Resort.





Não sabíamos onde começava ou terminava uma praia. Mas, posso dizer que praias são muito bonitas, o mar sempre calmo e as águas sempre mornas.








No caminho de volta paramos no bar e restaurante Andorra, na praia de Araçaípe, para beber um suco de frutas. Lugar super tranquilo, tudo limpinho, cadeiras e mesas de madeira e um fundo musical maravilhoso. Quase pedi o nome do CD.





Detalhe importante é ficar atento ao movimento da maré. Nós estávamos conversando, tirando foto, entrando na água e caminhando, caminhando... tranquilamente.

Apesar de vermos que a maré tinha subido, não sabíamos o que nos esperava mais adiante.

Vimos de longe que as ondas estavam batendo num muro e não dava passagem pela areia. E agora ?????

Resolvemos esperar. Mas, eis que passa, por nós, uma moça e segue o caminho por cima do muro onde as ondas estouravam. Solução: seguir a moça e ir por cima do muro (também não era um muuuuuuro !).

Olha a extensão de areia na maré baixa.



E veja o caminho com a maré alta.





Vale muito fazer essa caminhada pelas praias de Arraial, que ficam para esse lado. Mas, se você caminhar para o outro lado, também, encontrará praias legais.




FOTOS : J.C. ALVAREZ




Leia Tambem

Nenhum comentário