13 julho 2022

O QUE OS PERRENGUES DE VIAGEM NOS ENSINAM


Perrengues de viagem


Perrengues de viagem são situações bastante tensas e desagradáveis vivenciadas em uma viagem. É difícil encontrar viajante que ainda não tenha passado por um. Conhecer as experiências de outras pessoas pode contribuir para você evitar possíveis perrengues ou, pelo menos, ter ideia de como solucioná-los caso tenha que enfrentá-los. Em todas as situações que já vivenciei, o meu pensamento sempre foi o seguinte: o que eu posso aprender com esses perrengues de viagem? Portanto a ideia aqui é compartilhar as situações, as "soluções" e os aprendizados, para minimizar aborrecimentos.

Perrengues de viagem - Trem na Europa/Nome do destino/Número do trem

Nós já passamos por perrengues de diferentes níveis, ou seja, uns mais simples e outros um pouco mais complexos.

Em nossa primeira viagem internacional, quase perdemos o trem de Madri para Barcelona pois procurávamos o nome BARCELONA no painel que anuncia as "partidas" e, lá só aparecia BCN, que é a abreviatura usada para o nome da cidade. Bom saber desses detalhes, não é?.

Em outra ocasião, vimos uma turista também quase perder a viagem de trem porque ela achava que no painel teria o nome da cidade de partida e o nome da cidade destino, e ficou aguardando o tal trem. Muitas vezes, a cidade onde você irá desembarcar não é o destino final, ou seja, o trem continuará seu trajeto. Por isso, o mais importante é verificar o número do trem e não os nomes das cidades.


Perrengues de Viagem


Existem 3 informações que considero muito importantes ao usar o trem como meio de transporte na Europa:

# Saber o nome da estação ferroviária é fundamental, pois várias cidades têm mais de uma. Pode ser que você chegue à cidade por uma estação de trem, mas saia por outra. O deslocamento hospedagem/estação, algumas vezes, exigirá mais tempo e até o uso de transporte. Nós vivemos isso em Budapeste e aquela por onde partimos era bem afastada, simples e tudo escrito no idioma local. Ao verificarmos isso, providenciamos um táxi para chegarmos com antecedência.

# Ao chegar à estação ferroviária, procure o painel de horários de chegada e partida dos trens, atentando para a diferença entre eles: ARRIVALS (chegadas) e DEPARTURES(partidas). É recomendado chegar à estação de trem com tempo para localizar a plataforma e, para isso, observe o número do trem indicado no ticket.


Perrengues de Viagem


# Algumas plataformas das estações de trem têm pequenas placas, no alto, com o número que indica que o vagão, com aquele mesmo número, irá parar ali. Isso é de grande ajuda aos passageiros que já se localizam junto ao local de embarque do seu vagão.

Já conhece o perfil Uma Senhora Viagem no Instagram?


Perrengues de viagem - Bagagem extraviada

Ter a bagagem extraviada em voos com conexão, infelizmente, é algo que ocorre com certa frequência. Quando o intervalo de tempo entre um voo e outro é pequeno maior é a possibilidade disso acontecer.

Nós vivemos um perrengue numa viagem para Berlim com conexão em Lisboa onde houve um atraso de 6 horas. Assim, ao chegarmos na capital portuguesa, os passageiros foram redistribuídos em voos de outras companhias aéreas para chegarem ao seus destinos. Nós fomos transferidos para um voo da Ibéria que sairia em pouco tempo e ainda tivemos que passar pela imigração. Conclusão: chegamos a Berlim tarde da noite e sem uma das malas. Todos os guichês estavam fechados e não podíamos nem registrar nossa reclamação. Voltei ao aeroporto no dia seguinte, mas não havia guichê da Iberia. Tive a ajuda de um senhor que me orientou a ir ao balcão da British, já que elas são parceiras. Foi necessário descrever como era a mala e tentar identificar em um cartaz, que o atendente mostrou, se tinha alguma parecida.

Para evitar esse perrengue, viaje apenas com a mala de mão assim você nem precisa despachar. Fotografar a bagagem antes de despachá-la é uma medida que temos adotado pois mostrar uma foto facilita muito a identificação pelos funcionários da empresa aérea. De uns tempos pra cá, sempre que pegamos um vôo com conexão aproveitamos para ficar uns dias nessa cidade. Assim, caso precise resgatar mala extraviada, fica mais fácil.

Perrengues de Viagem


Perrengues de viagem - tipo de bolsa para viagem

Descendo do trem em Bréscia, na Itália, ao entregar uma das malas para meu marido, a bolsa que estava pendurada no meu ombro escorregou pelo braço e caiu entre o trem e a plataforma. Como dentro dela estava meu IPAD eu cismei que iria descer no trilho para resgatá-la. Enquanto eu tentava argumentar com meu marido, do nada surgiu um rapaz brasileiro e me perguntou o que estava acontecendo. Vendo meu desespero, ele falou com uma das atendentes do trem e, rapidamente, desceu num espaço bem apertado entre o trem e a plataforma e pegou a bolsa pra mim. Ficamos sem palavras de tanto agradecê-lo. Desde então, tomei a medida de substituir essa sacola/bolsa por uma mochila pois ela fica nas costas e me dá liberdade de movimentos e não corre o risco de cair, caso eu me abaixe muito. Os aprendizados foram os seguintes: devemos ser práticos em viagem e temos que nos preparar para o embarque e desembarque em trens


Perrengues de viagem - chip de internet para o celular

Antigamente eu usava apenas a internet do hotel ou de algum restaurante para me comunicar com a família e achava que era suficiente. Ao final de cada dia nós mandávamos notícias e ficávamos sabendo sobre o dia a dia no Brasil. Bastou eu e meu marido nos perdermos na estação de trem de Cascais, onde ele, na verdade, pegou o trem para Lisboa e eu fiquei na estação, para que entendêssemos o quanto seria útil cada um ter um chip em seu celular. Como meu marido adora dar uma voltinha enquanto espera qualquer coisa, eu imaginei que ele tivesse passeando no entorno da estação e se esquecido da hora. Esperei por um tempo e após o terceiro trem eu resolvi embarcar rumo a Lisboa, onde nos reencontramos na estação do Cais do Sodré. Ali mesmo, eu decidi que cada um teria um chip para que nos falássemos em qualquer contratempo.


Perrengues de Viagem


Perrengues de viagem -Ticket sem endereço para espetáculo em Viena 

Quando visitamos Viena, eu, super empolgada, resolvi comprar tickets online para assistirmos a Orquestra Mozart de Viena. Não verifiquei que não constava o endereço e cismei que seria no prédio da Ópera de Viena. Durante dois dias passávamos pelo prédio e eu só imaginava como seria linda a apresentação. No dia e horário marcado, chegamos ao suposto local e não havia nada. Só então nos demos conta da falta do endereço. Frustração nível máximo me atingiu e me senti a pessoa mais burra do mundo. Graças a uma brasileira, que é blogueira de viagem e mora em Viena, conseguimos receber o valor dos ingressos. Ela nos ajudou muito pois se disponibilizou a intermediar a reclamação. O aprendizado é observar com atenção todas as informações necessárias e sempre comprar em sites oficiais.


Perrengues de viagem - Guest house mudou de endereço

Em nossa estadia em Gênova, escolhemos para hospedagem uma guest house, na parte histórica da cidade. O taxista nos informou que nessa área não era permitido circular carro e nos deixou em um local próximo. Com o endereço em mãos, procuramos por um longo tempo até a localizarmos em uma pracinha interna, ao final de umas ruas bem estreitas. Tocamos a campainha insistentemente por mais de meia hora e ninguém nos atendeu. Telefonamos para o Booking, onde tínhamos feito as reservas de hotel, eles nos tranquilizaram e trataram da situação. Pouco tempo depois, o proprietário da guest house chegou e nos conduziu para um outra hospedagem pois aquela estava em obras. Ficamos num lugar muito melhor e mais bem localizado.
Consideramos muito importante a reserva de hospedagem sempre ser feita em sites seguros que oferecem
suporte a qualquer hora do dia. E o melhor, em português.


Perrengue de viagem - estacionamento em Miami

Ao estacionar o carro em grandes estacionamentos ou shoppings em Miami é muito importante marcar bem a vaga do carro. O ideal é fotografar o local, o andar, assim como, algumas lojas ou outros pontos que possam servir de referência no momento que você tiver que retornar para pegar o carro. Parece exagero, mas os lugares são imensos. Uma vez passamos o maior sufoco pois estacionamos o carro em um edifício garagem com rampas e o elevador atendia praticamente a 2 andares. Nós esquecemos que, para chegar ao elevador, nós havíamos subido um andar de rampa e, na volta, levamos muito tempo até encontrar o carro. Isso rendeu um grande stress.
Nos estacionamentos dos parques da Disney e Universal é muito comum ver pessoas sem saber onde estacionaram seus carros.

Perrengues de viagem - Seguro saúde


Perrengues de Viagem




Existe uma diferença importante a ser observada entre seguros de saúde. Alguns seguros reembolsam os valores que foram pagos pelo viajante ao ser atendido em sua emergência. A pessoa traz os recibos e apresenta ao seguro mas, nesse caso, é necessário ter dinheiro ou cartão de crédito para efetuar as despesas médicas e hospitalares.

Outros seguros pagam todas as despesas feitas no exterior. Mesmo assim, não deixe de trazer toda a documentação que o hospital disponibilizar sobre os procedimentos realizados.

Nós já utilizamos duas vezes o seguro de saúde em viagens internacionais. O contato com as seguradoras foi muito demorado e elas solicitaram telefone fixo para ligarem e darem as orientações. Nessas 2 vezes, nosso chip de internet não dava direito a fazer ligação telefônica para o Brasil nem a receber chamadas, o que dificultou bastante o atendimento.
Na primeira vez, foi uma situação de cólica renal e acabamos resolvendo antes do seguro localizar hospital. Um médico foi chamado à hospedagem. Ele fez a consulta, aplicou injeção e receitou comprimidos. Pagamos ao médico, compramos os remédios e, ao chegarmos ao Brasil, encaminhamos os documentos para receber o dinheiro.
Da segunda vez, foi uma apendicectomia de emergência e, por sorte, havíamos contratado o tipo de seguro que paga tudo. Caso contrário, estaríamos em apuros pois a saúde nos EUA é muito cara. O hospital era de excelente padrão e o atendimento foi maravilhoso. Meu marido foi internado na segunda feira à noite e saiu na quarta feira pela manhã. De lá pra cá, atenção redobrada ao fazer seguro de saúde para viagem e chip de celular com direito a tudo que for possível

E, você? Já passou por algum perrengue em viagem?

FOTOS: J.C ALVAREZ




  1. Perrengues de viagem servem para nos ensinar a viajar melhor na próxima, e para nos divertir (em geral) lembrando da história depois. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma Senhora Viagem9 de agosto de 2022 09:51

      A cada viagem vamos nos aperfeiçoando, né?

      Excluir
    2. Com certeza, a experiência nos ajuda a evitar muito perrengue

      Excluir
  2. Também já passeio por perrengue em viagem de trem pela Europa. Estávamos cheios de malas e acabamos perdendo uma conexão importante, pois não conseguimos ser rápidos suficientes para mudar de plataforma com tanta bagagem... Mas aprendemos com isso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, a cada viagem vamos nos aperfeiçoando e depois temos histórias pra contar. Na hora é muito nervoso!

      Excluir
  3. Claro que já tive trocentos pequenos contratempos em viagem tipo trem atrasar, mala só chegar no dia seguinte, calor absurdo, muita cólica, pagar mico tentando me comunicar com mímica, não gostar da comida que pedi etc, mas nunca rolou nada de mais sério q envolvesse perder dinheiro, ter q cancelar a viagem, problema grave de saúde além de bolhas no pé ou dor na perna etc. Considero q essa falta de grandes perrengues seja um pouco de sorte com muito planejamento rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso mesmo! Planejamento ajuda muito, ler sobre outras experiências naquele destino e sobre perrengues tb ajuda a estar atento. Um pouquinho de sorte vai bem

      Excluir
  4. Engraçado que a viagem onde eu tive mais perrengue foi a que eu melhor planejei hahhaha mas amei todos eles

    ResponderExcluir
  5. Caramba! Esse da bolsa é o mais desesperador. Eu ficaria com medo de descer nos trilhos e tomar um choque, mas que bom que o cara conseguiu e deu tudo certo.

    Muito legal ler as suas histórias de perrengues de viagem. Depois que passa fica a lição, né?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na hora nem pensei nisso! Poderia ter causado um acidente!

      Excluir

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Digite o que procura no blog e boa viagem!