PUNTA DEL ESTE E CASA PUEBLO


Tour pela cidade by bus, essa foi a maneira que encontramos para visitar Punta del Este. Essa cidade merece uma estada de alguns dias para que se diga: conheci Punta. Mas, esse não foi o nosso caso.

Saímos com a certeza de voltar em breve, e aí fixar pouso para desfrutar das belezas da cidade.
Contratamos o passeio com a agência CR, Cecilia Regules Viajes, no centro da cidade e, assim, no dia marcado, já saímos do hotel no ônibus da empresa.

A nossa guia, Virginia Alvarez, falava espanhol de forma pausada e se esforçava para falar português também, já que dos 42 passageiros apenas um era porto riquenho e todos os demais brasileiros.

Durante uma parte do trajeto, fomos beirando o rio da Prata, e Virginia foi nos falando sobre alguns bairros de Montevidéu.

Depois de algum tempo na estrada, chegamos a Piriápolis, cidade a 97 Km de Montevidéu e, segundo nossa guia, é uma cidade que atrai muitos turistas durante os meses de verão.

Foi fundada por um empresário, Francisco Píria, cuja história de vida revela um homem empreendedor. Comprava terras e vendia à prestação, modalidade nova para a época e que possibilitou aos imigrantes europeus - recém chegados - a compra de seu terreno. Construiu ruas, porto, ferrovia e hotéis. Entre eles, um que se tornou um point, por ser luxuoso e ter um cassino : Hotel Argentino.
Além disso, divulgou a cidade com o objetivo de que se tornasse um destino turístico.


   Dali, seguimos para o cerro San Antonio, onde há uma mini capela com a estátua do santo.

O tempo estava nublado e o vento frio não contribuiu para fotos. É possível chegar ao cerro por teleférico.


Vista da marina de Piriápolis


A cidade tem várias praias de rio.


Seguimos nosso passeio e fomos até Punta Balena conhecer a Casa Pueblo, residência do artista plástico Carlos Páez Vilaró, que abriga, também, uma galeria de arte, museu, lojinha do museu e, mais recentemente, um hotel.

Uns dizem que a construção lembra casas nas ilhas gregas e outros que é inspirada nas obras de Gaudi.

Eu concordei com ambas.

 


 

 



 

 


Tivemos um bom tempo para visitar a galeria e fotografar. A Casa Pueblo tem uma localização privilegiada e a vista do alto é muito bonita.

Olhar essa paisagem todos os dias deve estimular a criatividade.


Imagine que diferente um bairro onde as casas têm nome e não têm número!
Não sei se isso acontece em todos os bairros da cidade ou se é apenas em um bairro.

Eu tinha lido um post sobre isso no blog www.viveruruguay.blogspot.com.br, mas achei interessante ver ao vivo e à cores.

Não tiramos fotos, pois o ônibus apenas circulou devagar pelas casas para observarmos esse detalhe.

E uma ponte ondulada ?

Aliás, são duas pontes onduladas !




Carlos, nosso motorista, acelerou na hora de descer e deu um frio na barriga, igual ao da descida no elevador do terror da Disney.

Uma das paisagens mais esperadas do passeio a Punta é a escultura da mão enterrada na areia.


Fizemos inúmeras tentativas de tirar uma foto aí sem estar rodeada de turistas. Impossível !!!


Nosso ônibus estacionou próximo ao Porto de Punta del Este para o almoço, mas nós resolvemos aproveitar esse tempinho para passear. 



Para quem não gosta de muvuca, essa é uma época do ano muito gostosa para conhecer Punta, pois a cidade está tranquila, não venta e o frio é agradável. No entanto, há muitos restaurantes fechados, porque só funcionam em alta temporada. 




Esse é o Iate Clube de Punta.


Em frente ao Iate, há um complexo de lanchonetes e lojas.




Perto do farol está a igreja de Nossa Senhora da Candelária. Continuando por essa rua, que passa ao lado do farol, há uma pracinha onde fica um pequeno hotel: The SmallEast.  Anotei o nome, pois quero voltar a Punta e me hospedar aí.

Foto de meliacarlos.qguide.com

Em frente ao The SmallEast fica essa pracinha, portanto, essa é a vista de quem está hospedado aí. Parece uma cidadezinha do interior ! 

Daí, fomos conhecer o centro de Punta, onde duas ruas se destacam: Calle Gorlero e Calle 30. Lojas com objetos para decoração de casa e boutiques de grife estão lado a lado ao longo dessas ruas. Mesmo fora de estação, os preços não são nada convidativos. É só para olhar ! 

A essa altura, nosso passeio estava chegando ao fim. Pegamos uma avenida que beira as praias, e nos chamou atenção a preservação da orla com dunas e passarelas de madeira, para que as pessoas possam andar de bicicleta e caminhar.



Passamos ainda pelo Cassino/Hotel Conrad.

Para quem está sem carro e não vai se hospedar em Punta, mas não abre mão de conhece-la, a melhor opção é contratar um passeio, pois os pontos que todos os turistas querem conhecer ficam afastados uns dos outros. Além disso, você vai ouvindo todas as histórias sobre os lugares visitados. 
Achamos uma excelente opção já sair de Montevideu com tudo contratado.

Fica aí a dica : "CR Cecilia Regules Viajes"
O escritório é na Galeria del Edifício Ciudadela na rua Bacacay 1334/local C, essa rua fica em frente à livraria Más Puro Verso, na Calle Sarandi.



FOTOS: J.C. ALVAREZ





15 comentários

  1. Gostaria de saber quanto a agência de turismo cobrou pelo passeio e se o ônibus pegava e deixava a pessoa no hotel onde está hospedada em Montevidéu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nós fizemos o passeio com a empresa "Cecilia Regules Viajes" e custou 2160 pesos para 2 pessoas.Eles pegaram e deixaram na porta do hotel.Um abraço,Lilian Azevedo

      Excluir
  2. Eu adoro Punta.
    Nunca vou me esquecer do passeio a Casa Pueblo pois lá conhecemos o Vilaró e tive a oportunidade de conversar com ele.

    Humm, deu saudades. Lindo post!
    Beijos,

    Fran @ViagensqueSonhamos

    ResponderExcluir
  3. Amei as fotos da Casa Pueblo, não imaginei que por dentro fosse tão charmosa. Eu ando pensando muito em fazer uma viagem de carro pelo Uruguai e seu post me inspirou ainda mais a fazer isso, com dicas do que fazer no caminho entre Montevidéu e Punta. Adorei!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gostei muito de conhecer o Uruguai e já tive vontade de alugar um carro quando voltar. bjs

      Excluir
  4. Lilian, que delícia de passeio! Ainda não estive no Uruguay, acredita? Adorei as fotos da Casa Pueblo e concordo com você: é uma mistura de construções gregas com Gaudi... Amei!!! Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Liliane,uma boa opção é ir ao Uruguai de carro. Vocês que gostam de dirigir e conhecer pequenas cidades vão gostar. beijos

      Excluir
  5. Lilian, esse passeio é realmente maravilhoso! Eu fiz igualzinho a você em 2012, quando meu mais velho tinha 11 meses, amamos! Também concordo que a Casapueblo parece construções gregas! Amei Punta! Bjs!

    ResponderExcluir
  6. Realmente a Casa Publo lembra muito a construção da Casa Milà de Gaudi ... acho que uma das coisas mais gostosas que pode acontecer quando se viaja é ficar com gostinho de quero mais dos lugares.
    Beijocas
    Li

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi,Liliane o que me preocupa é a quantidade de lugares encantadores para voltar e outros tantos novos para conhecer,bjs

      Excluir
  7. Eu vou parar de ler seus posts, porque eles me conquistam no texto e nas fotos! E fico com vontade de ir para todos os lugares que você me apresenta... hahahaha. Ainda não conheço Punta, acredita? :/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi,Melissa
      minha vingança pelo que vc faz com seus posts maravilhosos sobre o México,hahahaha !

      Excluir
  8. É, Punta tem seus encantos, mas eu não voltaria. Risos. Estive uma vez apenas e pareceu suficiente para mim.
    Adorei as fotos.

    ResponderExcluir