AVENIDA PAULISTA , A NOSSA 5ª AVENIDA.

Fiquei encantada quando vi, pela 1ª vez, a Avenida Paulista e pensei : "Nossa, se a Avenida Paulista é assim, imagina a Quinta Avenida, em Nova York !"

Avenida larga com prédios altos e elegantes, escritórios, lojas, executivos pra lá e pra cá e, de vez em quando, um helicóptero pousando no alto de um edifício para deixar uma galera que vai para o trabalho assim.



 Olha, que demais, a imagem de um prédio refletida no outro  !


 
Amo de paixão andar pela Avenida Paulista. E, todas as vezes que vou a São Paulo, tenho que percorrê-la à pé, de manhã e/ou à noite.
Eu, que sou carioca, estranho. Mas, gosto da movimentação que ocorre na Paulista até tarde da noite: a turma do skate está sempre presente fazendo suas manobras e muitas pessoas circulam sozinhas ou em pequenos grupos.

Minha caminhada tem início na rua da Consolação. E o 1º lugar que visito sempre é o prédio chamado Conjunto Nacional, que de longe chama atenção pelo seu design diferente. Os primeiros andares são de lojas e escritórios e, o prédio alto, que fica recuado, é residencial.

Sou apaixonada pela Livraria Cultura que tem lá.



No andar térreo está a Livraria Cultura, ou melhor dizendo, as Livrarias Cultura. São várias lojas onde funcionam setores diferentes da mesma livraria. Dá para passar um dia todo entre essas lojas, conhecendo o acervo das mesmas.

Abaixo, a vitrine da Livraria Cultura, setor Artes, com essas bonecas caracterizadas de Frida Kahlo.



Dentro da livraria "matriz", que tem 3 andares, está o teatro Eva Herz, onde ocorrem apresentações, lançamentos de livros, palestras etc...
Em seu interior, encontra-se, também, o café Viena, onde, quem consegue  sentar, pode saborear um café ou um lanche e ler seu livro ou revista. Eu nunca dou sorte: sempre que chego, está tudo ocupado, e detesto ficar à espreita de um lugar para sentar. Mas, muita gente senta nos pufs espalhados pela livraria e folheia ou lê livros.

Duas salas de cinema, Cine Livraria Cultura, completam esse complexo Livraria Cultura.

Na galeria comercial, com frequência, tem exposição acontecendo. Essa eu vi em 2011 e...


...essa, em 2014, logo após a Copa do Mundo.


A minha 2ª parada foi no MASP, que, com sua arquitetura, não passa despercebido.
Se você não o conhece, deve entrar, mesmo que seja para ver as exposições permanentes do museu  .

Foto do site www.pt.wipedia.org
Já a 3ª parada foi na Casa das Rosas, bem no final da minha caminhada pela Paulista.



A Casa das Rosas foi residência da filha do famoso arquiteto Ramos de Azevedo, responsável pelo projeto e construção dessa mansão. Hoje, a Casa das Rosas é um Espaço Cultural/Museu e oferece cursos, oficinas, exposições e apresentações.  

Em 2014, a Casa passou a abrigar a obra de Haroldo da Campos e foi rebatizada de "Casa das Rosas-Espaço Haroldo Campos, de Poesia e Literatura".

A casa ocupava uma imensa área, com frente para a Avenida Paulista e fundos para Alameda Santos. Quando foi desapropriada, construíram, no terreno dos fundos, um moderno edifício comercial, "Parque Cultural Paulista". Nesse prédio funciona a Nikon do Brasil e o Consulado Geral da República da Coreia.


As construções, que pertenciam à casa, foram preservadas. Por exemplo, o que era a garagem da casa, tornou-se um charmoso bistrô.

 
Atravessei o terreno e fui ver como era esse trecho da Alameda Santos. É um quarteirão bem movimentado, pois tem um hotel, Paulista Plaza Golden Tulip e vários restaurantes : Dinho's, Baby Beef Rubayat, Il Pistaio, Divina Panela, Don Fabrizio e o Achapa Hot Dog. Então, uma boa idéia, é almoçar em um deles e depois fazer uma visita à Casa das Rosas.



Quem entra pela Alameda Santos, passa por jardins bem cuidados na lateral do prédio.

E depara-se com, nada mais, nada menos que, Niemeyer no alto de um prédio, como se estivesse a admirar a Casa das Rosas



Bem, vamos entrar na Casa das Rosas ? A entrada é franca.

Essa porta fica no saguão de entrada.


 Esse maravilhoso vitral fica na escada de subida para o 2º andar. 



O que dizer desses lindíssimos pisos ? 

Um é da varanda e o outro é da cozinha !




Essa é a vista da varanda da frente .


Fico só imaginando como seria a Avenida Paulista naquela época dos Barões do café, só mansões como essa. Hoje, acho que sobraram duas, essa preservada, mas a outra parece abandonada.


Do outro lado da rua, quase em frente, está o Hospital Santa Catarina que tem em seu muro externo vários nichos, cada um, com um painel mais interessante que o outro.




 Já ia terminando meu passeio pela Paulista quando cruzei com esse casal de segway. Eles circulam assim e oferecem informações turísticas. É um serviço da Prefeitura de São Paulo.



Como chegar à Casa das Rosas ? 

. Caminhar pela Avenida Paulista é a maneira mais interessante.

. A outra maneira é ir de metrô e saltar na estação Brigadeiro, linha verde.



FOTOS : J.C. ALVAREZ




6 comentários

  1. Realmente, Avenida Paulista é nossa Quinta Avenida. Muito glamourosa !!!!

    ResponderExcluir
  2. Oi,Raquel
    Eu adoro andar por lá.
    bjs,Lilian

    ResponderExcluir
  3. Para mim, a Paulista é um dos lugares mais bonitos de São Paulo, gosto muito de caminhar por lá. E olha que não sou nada fã desta cidade. Beijos

    ResponderExcluir
  4. Sabe que nunca havia pensado na Av. Paulista desta maneira?!?!? Morei quase 6 anos em São Paulo e quando estamos no dia-a-dia não damos tanta importância para esta linda avenida. Obrigada por ter me lembrado o quão bela e cheia de atrações ela é.
    beijocas
    Li

    ResponderExcluir
  5. Não conheço a Av Paulista. Confesso, não conheço quase nada de SP - mas tenho vontade. E da forma que você mostrou, pareceu menos agitada e enlouquecida! Adorei! Lindas construções, realmente!
    Beijos, Julia

    ResponderExcluir
  6. Gente, suas fotos são ótimas! Eu adoro a Paulista. Nasci e cresci em São Paulo e até hoje me surpreendo com aquele lugar! Bjs!

    ResponderExcluir