3 º DIA PAUL GETTY MUSEUM E CASAMENTO EM LOS ANGELES

Nós visitamos a Califórnia no final de agosto/início de setembro para conciliar a viagem com a participação no casamento do filho de um primo.

Acordamos muito cedo pois queríamos visitar o J.Paul Getty Museum pela manhã, já que às 16h estaríamos curtindo o tal casamento. 

Quem foi J. Paul Getty ?

Jean Paul Getty foi um milionário americano da indústria petrolífera. Colecionador de artes desde cedo, adquiriu tantas obras que precisou construir um museu, já que a ala anexa à sua casa não comportava mais tantas peças.
Se tiver tempo, vale visitar também a Getty Villa em Malibu, museu anexo à casa onde morava. 

Obras de artistas americanos, de Renoir, de Van Gogh, de Cézanne, entre outros, além de esculturas, encantam os visitantes.    

O J. Paul Getty Museum fica no alto de uma colina em um prédio com arquitetura arrojada. Na realidade em um "complexo" de prédios, onde estão distribuídas inúmeras e maravilhosas obras de arte. O autor desse projeto é o arquiteto Richard Meier.


Logo na entrada, uma senhorinha que trabalhava na recepção no deu 2 mapas/guias, um em espanhol e outro em inglês.






Fizemos uma visita rápida pois queríamos aproveitar os jardins e a vista. Ao final das salas que percorremos, encontramos uma lojinha com produtos tais como: agenda, lenço, caderneta, calendário e outros com estampas de quadros famosos.









Nós ficamos apaixonados pelos jardins. 








Para desfrutar tanto da visita às coleções quanto da área externa, acho que é necessário dispor de uma manhã ou de uma tarde.


 

Não demos sorte com o tempo que estava nublado e ofuscou um pouco a beleza dos jardins.

Na base da colina, onde fica o museu, há um amplo estacionamento coberto onde deixamos o carro [fotografe o lugar onde você parou] e de lá pegamos um trenzinho para chegar ao museu.
Não adianta chegar muito cedo pois o museu só abre às 10h.



Nossa manhã foi muito agradável e a tarde, melhor ainda. 

Que tal trocar votos de matrimônio em um parque ? 
Nos E.U.A. é muito comum vermos casamentos sendo organizados ao ar livre.

No Golden Gate Park, São Francisco, em um jardim gramado e em meio a árvores uma plaquinha indicava que a Vanessa e o Doug iriam se casar ali .


Uma área é delimitada, uma plaquinha indica quem vai casar, cadeiras são arrumadas para os convidados e flores enfeitam o caminho. 
Assim, muitos casamentos acontecem de forma simples e, com certeza, mais econômica. 


foto do site www.westwing.com.br
Penso que também devem ser cerimônias leves.

Casamentos em hotéis, também, são usuais por lá.

Esse que nós participamos foi no The Península Beverly Hills Hotel. 

Em uma grande varanda interna do hotel foi montado o espaço para a cerimônia. Assim que a mesma terminou, os convidados foram encaminhados para um salão contíguo a essa varanda. Enquanto isso, ela, rapidamente, foi rearrumada para receber um lounge onde os coquetéis e petiscos foram servidos. Mais tarde no salão, os convidados jantaram e dançaram à vontade.

Foto retirada do site www.wedding-spot.com


FOTOS: J.C. ALVAREZ  E  JULIANA PERRI

4 comentários

  1. Realmente os jardins são lindíssimos! Eu sou suspeita, porque adoro um parque, bosque, jardim botânico, jardim japonês... acho um passeio imperdível! E adorei a ideia dos casamentos, acho que menos é sempre mais! Pena que aqui no BR a moda são casamentos suntuosos, eu mesma não me casei com festa! Bjs!

    ResponderExcluir
  2. Que manhã maravilhosa, Lilian. Nunca pus os pés em terras americanas, mas acho que o meu primeiro destino será Nova Iorque e não LA.
    Imagina ter dinheiro suficiente para comprar tantas obras de arte como esse Getty. Ahhhh, punha o pé na estrada e só voltava ao meu país no Natal para visitar a família!
    Beijinhos
    Ruthia d'O Berço do Mundo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi,Ruthia
      Você vai gostar muito de Nova Iorque, é uma cidade interessante mas eu me apaixonei mesmo foi por São Francisco. Esse milionário americano deixou um grande legado para o mundo. Eu tb iria viajar e faria algo para que muitas pessoas tb tivessem essa oportunidade. beijos

      Excluir
  3. Que carro muito doido! Eu gostei das suas fotos, estão claras e mostram bem a beleza do lugar. Bela dica de passeio.

    ResponderExcluir