09 fevereiro 2018

VIENA EM 3 DIAS





Conhecer Viena era um sonho muito antigo e finalmente ela se encaixou perfeitamente no roteiro de cidades que queríamos visitar na Europa Central, e ficou assim: Berlim, Praga, Viena e Budapeste. Fizemos todo o roteiro de trem. Chegamos em Viena vindo de Praga e depois partimos para Budapeste.

Ficamos em Viena 3 dias na cidade. E, mesmo assim, não tivemos tempo para visitar os museus. Mas, isso depende do ritmo de cada um. Nós fizemos praticamente todos os passeios à pé e só usamos o transporte público para ir aos palácios.

Mesmo tendo lido, antes da viagem, sobre a beleza de Viena e sua vida cultural, ficamos muito surpresos, positivamente, com a cidade.
Nos hospedamos bem perto da Wien Westbahnhof [estação de trem] e de lá para os pontos turísticos caminhávamos pela Mariahilfer StraBe, uma enorme avenida, considerada a mais famosa rua comercial de Viena. Muito legal fazer esse caminho pois íamos admirando as construções e descobrindo várias lojas interessantes e supermercado. Logo de cara nos chamou a atenção a limpeza da cidade e o respeito das pessoas às regras de atravessar rua e de não ocupar as ciclovias.

Abaixo o mapa de Viena com os principais pontos turísticos. Clicando na câmera fotográfica aparece escrito o nome do lugar. A maioria dos pontos turísticos é acessível à pé. Uma opção para quem tem poucos dias na cidade ou não pode andar muito é o ônibus turístico Hop On Hop Off que passa pelas principais atrações.




Ônibus Hop On Hop Off
Em nossos 3 dias pela cidade, visitamos os lugares abaixo e gostamos muito. Por isso, deixamos aqui como uma sugestão para inspirar cada um a montar o roteiro de acordo com seu ritmo e interesse.

1] MuseumsQuartier
Saindo do nosso hotel [perto de estação central de trem], depois de uma boa caminhada, chegávamos ao MuseumsQuartier, uma imensa área com espaços culturais, onde convivem prédios modernos e outros antigos. É considerada a oitava maior área cultural do mundo e reúne dois museus: Leopold e Mumok, além de estúdio de produção de mídia, Centro Internacional de Dança e Centro de Arte para crianças. Restaurantes, cafés e lojas de museus complementam esse complexo.
Dependendo do nº de dias que você tiver na cidade dá para visitar os museus.

Para informações sobre os tickets para Leopold Museum clique aqui

2] Maria Theresien Platz
Atravessando a rua vemos a Maria Theresien Platz/Praça Maria Theresa, onde há uma estátua em homenagem à Imperatriz Maria Theresa, a única mulher a governar o Império Austríaco de 1740 a 1780.


Ainda nessa enorme praça, dois belíssimos prédios dispostos simetricamente: o Museu de História da Arte/ Kunsthistorisches e o Museu de História Natural/Naturhistorisches. Tudo isso em meio a jardins super bem cuidados.

3] Volksgarten/Jardim do Povo
O Volksgarten é uma grande praça com jardins floridos de frente para o Parlamento. Muitos bancos e cadeiras estão dispostos ao longo dos canteiros de flores.Tem, também, um museu, o Theseustempel, com exposições gratuitas.

4]  Hofburg/Palácio Imperial
O Palácio Imperial é um complexo de prédios que ocupa uma área enorme. Foi residência oficial dos Habsburgo e hoje abriga a Biblioteca Nacional, a Escola de Equitação, os aposentos imperiais, os gabinetes do Presidente da Áustria e uma pequena igreja. Tem visitação com áudio guia.


5] Igreja de São Pedro/ Peterskirche
Sua construção se inspirou na Basílica de São Pedro no Vaticano. É uma igreja no estilo barroco. O lugar onde ela está foi o escolhido para a primeira igreja cristã em Viena.



6] Catedral  de Santo Estêvão/Domkirche St. Stephan
O lindo telhado de azulejos coloridos da Catedral de Santo Estêvão é visto de longe. É um símbolo da cidade. A Catedral em estilo gótico é sede do arcebispado de Viena.


7] Prefeitura/ Rathaus
Uma graça esse prédio em estilo gótico com as janelas enfeitadas com floreiras. Construído entre 1872 e 1883, é a sede da Câmara e recebe muitos eventos públicos. Todos os anos, na frente da Prefeitura, é montado o maior mercado de Natal da cidade. É possível fazer visitas ao interior da Rathaus.


8] Teatro Imperial da Corte/ Burgtheater
Em frente à Prefeitura está outro lindo prédio, o Teatro Imperial, fundado pela Imperatriz Maria Theresa I da Áustria em 1471. A ideia era ter um teatro perto do Hofburg, que era a residência dos Imperadores. Em 1888 mudou para o local atual.

 

O que esses grandes compositores de música clássica Haydn, Schubert, Strauss, Mozart, Bethoven, Liszt, Brahms, têm em comum ?
Além de um enorme talento, todos viveram em Viena e contribuíram para a cidade ser famosa até hoje como um centro de música erudita.

9] As óperas e os balés são apresentados com regularidade na Ópera Estatal de Viena/ Wiener Staatsoper. Fizemos uma visita guiada pelo belíssimo prédio histórico com um guia espanhol. As entradas foram compradas na hora, no guichê.

Mármores, afrescos nos tetos e paredes, e lustres em cristal compõem um ambiente requintado nesse prédio em estilo neo renascentista. Inaugurado em 1869, o Staatsoper ficou bastante danificado na Segunda Guerra Mundial e sua demolição chegou a ser cogitada, mas, felizmente, foi restaurada .
Para assistir a um espetáculo a dica é consultar o site oficial e comprar os ingressos com antecedência.

10] Parlamento
Com uma arquitetura diferenciada, que lembra os templos gregos, encontramos o prédio do Parlamento Vienense. Em estilo grego clássico, o prédio exibe 8 colunas gregas e a deusa da sabedoria, Pallas Atenea, na frente do prédio.
O estilo é o mesmo em seu interior que você pode conhecer em visita guiada, em inglês e alemão.

11] Mercado/ Naschmarkt
O Naschmark é um mercado à céu aberto com restaurantes e barracas de frutas, legumes, queijos, temperos e peixes. Em funcionamento desde 1780, é frequentado por locais e turistas. Como adoramos conhecer mercados nas cidades que visitamos, demos uma passadinha por lá.



12] Secessão
Secessão foi o nome dado a um movimento artístico de vanguarda que ansiava por mais liberdade e inovação nas artes em todas as suas formas de expressão. A Secessão de Viena teve como um dos líderes o artista Gustav Klimt. Em 1898 foi inaugurado o prédio que abriga a sede da Secessão de Viena. Construção rica em detalhes belíssimos, tais como: a esfera em folhas douradas no teto do prédio.


13] Karlskirche/Igreja de São Carlos

Na Karlsplatz está a linda igreja barroca dedicada a São Carlos Borromeu pelo Imperador Carlos VI em agradecimento por ter salvo, da peste, a cidade de Viena.
Na parte exterior, chamam a atenção a cúpula verde e as duas colunas que são inspiradas nas Colunas de Trajano e que contam sobre a vida de São Carlos. Já seu interior é caracterizado pelas pinturas no teto, pelas colunas de mármore e pelo elevador que permite chegar bem perto da cúpula e observar os afrescos.


Veja que interessante, bem no centro de Viena, na Michaelerplatz, os resquícios de seu passado como colônia romana.           
       

                               
                                 
                                            Não perca o post "Onde se hospedar em Viena"




                                                             FOTOS: J.C. ALVAREZ

  1. Que delicia ler um post tão delicioso e cheio de fotos espetaculares. BjO!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Paulinha, que bom receber sua visita no blog. Obrigada mas recomendo ir até Viena pra verificar se Uma Senhora Vigem tem razão ou não.
      beijocas

      Excluir

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search