28 março 2020

VIAGEM DE CARRO POR SANTA CATARINA : ROTEIRO DE 9 DIAS

VIAGEM DE CARRO POR SANTA CATARINA : ROTEIRO DE 9 DIAS

Viagem de carro por Santa Catarina
Mirante da Ponte Hercílio Luz, Florianópolis.

Realizar uma viagem de carro por Santa Catarina é, com certeza, uma das melhores alternativas para ver de perto as belezas do estado que se espalham pelo litoral, pela serra e pelo interior. Outro ponto positivo é a flexibilidade de poder fazer o percurso no nosso tempo, parando onde queremos e elaborando o roteiro de acordo com nossos gostos pessoais. Benefícios que só uma viagem de carro por Santa Catarina poderia proporcionar.




Viagem de carro por Santa Catarina : Roteiro de 9 dias


Há tempos, Florianópolis fazia parte de nossos planos de viagem, mas sabíamos que, nos períodos de férias escolares e festas, a cidade ficava lotada de turistas e o trânsito pesado. Então, escolhemos o mês de março, por ser ainda verão, mas já com menor movimento. Chegamos ávidos para visitar os lugares que por tanto tempo "namoramos" em revistas e blogs de viagem.

Nosso voo chegava e partia de Florianópolis, e organizamos nosso roteiro assim: 4 dias em Floripa para ir aos principais pontos turísticos. De lá partimos para Balneário Camboriú, onde, em 2 dias, conhecemos alguns atrativos muito legais. Fomos então para Brusque e fizemos 2 bate e volta: um para Blumenau e outro para Pomerode. Retornamos a Floripa, onde ficamos mais um dia, e de lá para o Rio de Janeiro.

A viagem de carro por Santa Catarina nos proporcionou passar por muitos lugares bonitos e, em alguns momentos, até ficamos tentados a deixar o roteiro de lado e viver uma certa aventura de conhecer alguma atração fora do roteiro. Chegamos à conclusão que, em breve, precisaremos voltar com calma pois muita coisa interessante ficou de fora da viagem de carro por Santa Catarina.


Viagem de carro por Santa Catarina – O que conhecer em Florianópolis


Florianópolis, capital de Santa Catarina, está entre as estrelas do turismo brasileiro por sua natureza exuberante. São mais de cem praias ! Praias do Leste, praias do Norte e praias do Sul. Praias com mar para surf e praias de mar calmo. Enfim, Florianópolis tem praias para todos os gostos. Não bastasse isso, a cidade tem, também, quarenta e seis ilhas, fortaleza, trilhas e duas lagoas.
Floripa, para os íntimos, é uma cidade com muitos atrativos para os mais variados públicos.
Nós achamos importante e necessário estar de carro em Floripa, visto que os pontos turísticos são distantes entre si. Nós já saímos do aeroporto de carro alugado.


Visita ao Centro Histórico de Florianópolis :


Começamos a visita pelo Mercado Público, cuja origem foi no final do século XVIII. Era nesse espaço que os pequenos comerciantes da ilha e das proximidades vendiam peixe, feijão, arroz, mandioca, hortaliças etc.... Atualmente é um espaço que reúne bares, restaurantes, lojas de artesanato e de comércio em geral. Fomos no famoso Box 32 para comer pastéis.

Viagem de carro por Santa Catarina
Mercado Público de Florianópolis.

Ao lado está o prédio da antiga Alfândega que ali funcionou de 1876 a 1964 quando, então, o porto de Floripa foi desativado. Hoje abriga um Centro de Artesanato local e ali vários artesãos comercializam seus produtos.

Viagem de carro por Santa Catarina
Antigo prédio da Alfândega, Florianópolis.

Praça da Alfândega, que fica em frente à Alfândega, surgiu após o aterramento da Baía Sul, e é lá que podemos apreciar o Monumento às Rendeiras, uma homenagem à arte da renda de bilro que foi levada pra ilha pelos imigrantes açorianos.


Viagem de carro por Santa Catarina
Monumento às Rendeiras, Florianópolis.

Caminhar pela Avenida Beira Mar Norte - a Avenida Beira Mar é a avenida que beira o mar e margeia boa parte da região central da cidade, desde a Ponte Hercílio Luz até a entrada para o Norte da Ilha.

Viagem de carro por Santa Catarina
Avenida Beira Mar Norte, Florianópolis


Viagem de carro por Santa Catarina
O letreiro FLORIPA é um point obrigatório de parada para uma foto.

Na Beira Mar Norte, a qualquer hora do dia, é comum vermos pessoas praticando atividades esportivas, tais como: caminhadas, corridas, ciclismo, patinação e skate. Perto do trapiche [cais], as pessoas costumam sentar no gramado para apreciar o pôr do sol. Nós também adoramos ver o dia se despedindo assim.

Em um final de tarde, em Floripa, aproveitamos para fazer o passeio de barco cuja saída é no pier da Beira Mar Norte - gostamos bastante e passamos embaixo da Ponte Hercílio Luz.

Passeio de barco em Florianópolis
Passeio de barco em Florianópolis

Passeio a Santo Antônio de Lisboa / Praia de Sambaqui


Aproveitando o dia bonito, fomos conhecer logo o tão famoso Santo Antônio de Lisboa.  Mas, afinal, o que é Santo Antônio de Lisboa ? Bairro ? Distrito ? Praia ?

Santo Antônio de Lisboa, Florianópolis.
Santo Antônio de Lisboa, Florianópolis.
É um distrito com vários bairros, entre eles, um que também se chama Santo Antônio de Lisboa e foi esse charmoso bairro que fomos visitar.

Logo que chegamos, demos de cara com a placa que dá as boas-vindas aos visitantes explicando a origem do bairro. Parece que chegamos a outro tempo. Lembrando que Santo Antônio de Lisboa foi um dos três primeiros povoados fundados em Floripa e recebeu um grande contingente de Açorianos.

Santo Antônio de Lisboa, Florianópolis
Marco Histórico de Santo Antônio de Lisboa.

As construções antigas, em estilo colonial, estão por toda parte.  O mar é de uma calmaria só. Alguns barquinhos parados na areia e pescadores sentados conversando, poucas pessoas circulando pelas ruas. A igrejinha de portas abertas convida a uma visita.

A igreja de Nossa Senhora das Necessidades foi construída entre 1750 e 1756 e, em 1975, foi tombada pelo Patrimônio Histórico e Artístico Municipal. É uma igrejinha pequena, porém muito graciosa. Fica no alto de uma pracinha de frente para o mar. Simples por fora, mas, lá dentro, os altares barrocos e as imagens são de grande valor histórico. O Imperador D.Pedro e a Imperatriz Thereza Cristina estiveram em Santo Antônio de Lisboa quando de uma passagem por Santa Catarina em 1845 e assistiram à missa nessa igreja.

Igreja Nossa Senhora das Necessidades
Igreja Nossa Senhora das Necessidades
Ficamos tão apaixonados pelo local que pegamos o carro para procurar pousadas, e aí encontramos o Casarão Engenho dos Andrades que parece uma fazenda mas é um engenho. Foi construído em 1860 e ali era produzida farinha de mandioca, milho, feijão, abóbora, café e cebola. Está até hoje em funcionamento. Apesar de anunciar visitação, no dia que passamos por lá, estava fechado.

Casarão Engenho dos Andrades, Santo Antônio de Lisboa.
Casarão Engenho dos Andrades, Santo Antônio de Lisboa.

A gastronomia em Santo Antônio de Lisboa é famosa e atrai muitas pessoas interessadas em experimentar a culinária especializada em frutos do mar e comida portuguesa. Os restaurantes abrem para almoço, contudo fecham por volta das 15 horas para só reabrir à noite. Alguns restaurantes têm a opção de um deck na orla e os clientes podem fazer suas refeições debaixo da sombra das árvores, pertinho da areia e apreciando o mar.

Restaurante Marisqueira Sintra, Santo Antônio de Lisboa
Nós almoçamos no delicioso Marisqueira Sintra e a comida era fantástica.

A rua principal de Santo Antônio é paralela ao mar e uma coisa maravilhosa a se fazer é caminhar por essa via ou pela areia apreciando a natureza e agradecendo a oportunidade de estar ali. O lugar é tão gostoso que não dá vontade de ir embora.

Seguimos para Sambaqui, outro tradicional bairro de colonização açoriana - é uma típica vila de pescadores com praia bem mansinha e o mesmo clima bucólico de Santo Antônio.

Praia do Pontal do Sambaqui, Florianópolis
Praia do Pontal do Sambaqui, Florianópolis


Jurerê / Canasvieiras / Forte da Ponta Grossa 


Dedicamos 2 dias para visitar algumas praias do litoral norte. Estava muito curiosa para conhecer Jurerê, e a praia é realmente bonita, mar calmo, boa extensão de areia e água clarinha. Jurerê Tradicional e Jurerê Internacional são, na verdade, a mesma praia, contudo estão divididas em dois bairros e por isso recebem essa nomenclatura. A sinalização para chegar de Floripa até Jurerê foi boa, mas não conseguimos acessar Jurerê Tradicional e, quando vimos, estávamos em Jurerê Internacional, um bairro de luxo com mansões e prédios belíssimos e onde é difícil encontrar vaga para estacionar o carro. Alguns acessos à praia se dão através de lounges exclusivos dos "beach club" e ficamos na dúvida se poderíamos passar por ali para chegar à praia.

Praia de Jurerê Internacional, Florianópolis, SC.
Praia de Jurerê Internacional, Florianópolis, SC.

No verão, Canasvieiras fica lotada de turistas, sendo uma das mais procuradas de Florianópolis. A praia adquiriu fama pois a boa infraestrutura local, mar de águas calmas com temperatura amena tornaram o lugar um paraíso para famílias e grupos de amigos. Recentemente houve uma obra de alargamento da faixa de areia o que tornará a praia ainda mais agradável.  
Chegamos a Canasvieiras na parte da tarde e estava muito cheia de famílias aproveitando o finzinho do verão e de turistas com sotaque espanhol. Demos só uma voltinha para conhecer e saímos.


Forte da Ponta Grossa


Um passeio bem legal é conhecer o Forte da Ponta Grossa que é um dos 3 fortes construídos em Florianópolis para o sistema de defesa Brasileiro no século XVIII. A ilha ficava bem no caminho que os espanhóis faziam para ir para suas colônias na América do Sul. A vista que se tem do mar é muito bonita. Depois da visita ao Forte, descemos por uma trilha até a Praia do Forte. Pena não ter planejado ficar por lá um tempo pois é uma praia tranquila, mar calmo e com bela paisagem.

Forte da Ponta Grossa, Florianópolis
Forte da Ponta Grossa, Florianópolis


Lagoa da Conceição / Dunas da Joaquina / Praia da Joaquina / Praia Mole


A Lagoa da Conceição é outro espetáculo natural de Floripa. Considerada a maior lagoa da cidade, tem um nascer do sol digno de pintura e é um point noturno badalado. Na área gramada, que fica às margem da lagoa, é comum vermos pessoas sentadas em cadeira de praia ou deitadas em cangas pegando um solzinho.

Lagoa da Conceição, Florianópolis.
Lagoa da Conceição, Florianópolis.

Passeamos de carro pelo entorno da Lagoa da Conceição e de lá seguimos para as Dunas da Joaquina que ficam entre a Lagoa da Conceição e a praia da Joaquina. Dunas enormes de areia fininha e branquinha que podem ser deslizadas em cima de uma prancha de sandboard. Nós subimos as dunas à pé e apreciamos a belíssima vista.

Dunas da Joaquina, Florianóplis.
Dunas da Joaquina, Florianóplis.

Dali fomos caminhando pra Praia da Joaquina, considerada uma das melhores de Floripa. O mar é bravo com ondas altas, ideal para os surfistas, e se tornou famosa por receber campeonatos internacionais. O canto da esquerda é mais frequentado por aqueles que não têm muita intimidade com os esportes e preferem as piscininhas que se formam devido a grande quantidade de pedras e aí mesmo, com água gelada, dá pra entrar. Joaquina tem estrutura de restaurantes, bares, guarda-sol e cadeiras.

Praia da Joaquina,Florianópolis.
Praia da Joaquina,Florianópolis.



Barra da Lagoa / Canal da Barra / Piscinas Naturais de Barra da Lagoa / Praia Mole


Nesse dia nosso passeio começou por Barra da Lagoa, onde o visitante se depara com o contraste entre a tradicional pesca local e o movimento dos surfistas atrás de boas ondas. Barra da Lagoa tem um ar de cidade do interior, mas está bem estruturada e conta com vários restaurantes, pousadas, lojas, bares etc... A praia de Barra da Lagoa nos surpreendeu e nos agradou bastante, principalmente a parte próxima ao canal pois é mais mansa.

Praia de Barra da Lagoa, Florianópolis.
Praia de Barra da Lagoa, Florianópolis.

Fomos caminhando em direção ao farol que fica na ponta direita e conhecemos o Canal da Barra da Lagoa que liga a Lagoa da Conceição ao mar. Uma galera brincava no canal fazendo piruetas e se jogando na água. Esse também foi o lugar que escolhemos para sentar nas pedras e admirar o dia, além de aproveitar para dar um mergulho. Há que se ter cuidado pois, pelo canal, circulam barcos e lanchas.

Seguimos nosso passeio e depois de atravessarmos a ponte e pegarmos uma trilha à esquerda, nos deparamos com uma pequena praia chamada de Prainha de Barra da Lagoa. Bem pequena e escondida, é um pequeno paraíso que nem todos conhecem.

Prainha de Barra da Lagoa, Florianópolis.
Prainha de Barra da Lagoa, Florianópolis.

Seguimos pela trilha que sobe pela encosta até as Piscinas Naturais de Barra da Lagoa. As "piscinas", vistas de cima, são belíssimas, porém como não tem areia, para entrar na água, é necessário pular da pedra, então ficamos só apreciando a vista. Se tiver chovido no dia anterior, é melhor não ir pois a trilha fica escorregadia.

Piscinas Naturais de Barra da Lagoa, Florianópolis.
Piscinas Naturais de Barra da Lagoa, Florianópolis.

Para finalizar os passeios do dia, fomos conhecer Praia Mole. Chegamos à Praia Mole no final de tarde e de cara adoramos pois com grande extensão de areia é uma ótima praia para uma caminhada ["sqn"]. Sabe porque essa praia se chama Praia Mole ? Porque sua areia é "quase uma areia movediça" e o pé afunda. A praia é linda, no entanto o mar é bravo e a água bem gelada, então, não animamos a dar um mergulho. Mas os surfistas encaram as ondas altas numa boa. Caminhamos pela areia, porém, não por muito tempo, o céu fechou e, antes que conseguíssemos abrigo, a chuva desabou. Praia Mole tem boa estrutura de bares e restaurantes.

Praia Mole, Florianópolis.
Praia Mole, Florianópolis.


Viagem de carro por Santa Catarina : Onde Ficar em Florianópolis


Nos hospedamos no Hotel Slaviero Baía Norte, bem perto da Ponte Hercílio Luz e de frente para o mar. Apesar da vista muito bonita, achamos o quarto de frente um pouco barulhento e preferimos trocar por um quarto de fundos. O Hotel - classificado no Booking como 4 estrelas e nota 8.2 - tem atendimento muito simpático e oferece, gratuitamente, bicicletas para os hóspedes, ótima atividade para finalizar seu dia na cidade, não acham ?

Hotel Slaviero Baía do Norte, Florianópolis
Hotel Slaviero Baía Norte é esse prédio de quatro andares de frente pro mar.


Viagem de carro por Santa Catarina – O que conhecer em Balneário Camboriú


Balneário Camboriú, Santa Catarina.
Balneário Camboriú, Santa Catarina.

Depois de rodar pela chamada Ilha da Magia, seguimos nossa viagem de carro por Santa Catarina para Balneário Camboriú, que está a pouco mais de 80km de distância. Com várias praias, bares, restaurantes e um teleférico com vista para o mar de um lado e montanha do outro, Balneário atrai turistas de todo país que buscam por belos cenários aliado ao agito do lugar.

A estadia mínima para aproveitar Balneário Camboriú é de, pelo menos, dois dias. Entretanto, quem quiser conhecer as cidades ao redor, deve ficar mais tempo. Nós pensamos, inicialmente, fazer nossa base em Balneário para conhecer Blumenau e Pomerode, mas meu marido preferiu Brusque pois quis rever a cidade que visitava na adolescência. Sendo assim, dedicamos só 2 dias para explorar Balneário.

Deck do Pontal Norte, Balneário Camboriú, SC
Deck do Pontal Norte, Balneário Camboriú, SC

Logo de cara simpatizamos com Balneário Camboriú pois tem uma Avenida Brasil e Avenida Atlântica como o Rio de Janeiro. Ficamos boquiabertos com a altura dos prédios na orla da Praia Central, lugar que fomos conhecer assim que chegamos. A Praia Central é enorme e é a principal praia da cidade. Um bom programa é caminhar pela orla, já que a praia não é adequada ao banho de mar, e como caminhada é nosso programa favorito, andamos até o canto da esquerda, conhecemos duas prainhas escondidas e pudemos apreciar uma vista super legal de toda a orla. Esse canto se chama Pontal Norte.

Em nosso segundo dia na cidade foi a vez de seguirmos para o bairro Barra Sul e conhecer o Parque Unipraias localizado na ponta sul da Praia Central. Antes de subirmos, não resisti a fotografar o letreiro e caminhar pelo pier.

Balneário Camboriú, Santa Catarina.
Balneário Camboriú, Santa Catarina.

O Parque Unipraias, grande atração turística da cidade, é um parque localizado no alto de um morro à beira mar. Um bondinho leva os visitantes morro acima e, à medida que ele sobe, o visitante vai podendo admirar uma linda vista.

Balneário Camboriú, Santa Catarina
Vista do bondinho do Parque Unipraias : bairro Barra Sul de Camboriú, o pier de embarque para passeio no barco Pirata, a Passarela da Barra que é uma passarela muito alta ligando o bairro Barra Sul e o bairro da Lagoa.



Estação Mata Atlântica, Parque Unipraias, Balneário Camboriú


A primeira parada do bondinho é na estação Mata Atlântica onde os passageiros descem para conhecer esse complexo que reúne, em um só local, várias modalidades de diversão. Como o próprio nome já indica, a estação fica no meio da floresta e aí o visitante encontra trilhas e mirantes, além de infraestrutura para lanche e compras.
Há ainda a opção do turista se divertir em brinquedos, tais como o trenó na montanha e a tiroleza, uma cadeira onde o corajoso visitante vai até a Praia de Laranjeiras, local da outra estação.




Quem não for dado a aventuras precisa pegar novamente o bondinho para chegar à estação Laranjeiras na praia de Laranjeiras. Ela é pequena, mansinha e com estrutura como bares, restaurantes, lojas etc..., mas a praia estava tão lotada de visitantes que conseguimos apreciar melhor sua beleza lá de cima de um dos mirantes da estação Mata Atlântica.

Praia de Laranjeiras, Balneário Camboriú, SC
Praia de Laranjeiras, Balneário Camboriú, SC

Seguimos de carro pela rodovia Interpraias e visitamos as praias Taquarinhas e Estaleirinho. Como era dia de semana e fora de temporada, estavam praticamente desertas. Estaleirinho estava mansa, mas Taquarinhas nem tanto. Em Estaleirinho encontramos bares/restaurantes, porém Taquarinhas não tem essa estrutura. A rodovia, em alguns momentos, beira o mar e, em outros, se afasta não sendo possível ver, da estrada, as praias.

Praia do Estaleirinho, Balneário Camboriú, Santa Catarina.
Praia do Estaleirinho, Balneário Camboriú, Santa Catarina.


Viagem de carro por Santa Catarina – Onde ficar em Balneário Camboriú


Adoramos a pousada Villa Germânia onde nos hospedamos em Camboriú. O quarto é como se fosse um mini apartamento com varanda e mini cozinha onde preparamos nosso café da manhã, que não é oferecido pela pousada. Vale super a pena a hospedagem na Villa Germânia. O prédio é uma graça e todos os ambientes têm decoração super charmosa. Atendimento excelente com várias dicas de serviços e passeios.

Pousada Villa Germânia, Balneário Camboriú, SC.
Pousada Villa Germânia, Balneário Camboriú, SC.

Viagem de carro por Santa Catarina – Brusque, Blumenau e Pomerode


Pegamos a estrada e 42km depois estávamos chegando a Brusque, cidade que tem um grande parque têxtil e é muito procurada para compra de roupas, roupa de cama e banho. Tivemos uma estadia bastante tranquila e de lá fizemos um bate e volta a outras duas cidades do chamado Vale Europeu : Blumenau e Pomerode.

Nos hospedamos em Brusque num hotel excelente Tri Hotel Executive Brusque.


Viagem de carro por Santa Catarina – Blumenau


Blumenau, Santa Catarina.
Blumenau, Santa Catarina.
Em Blumenau é possível fazer parte do roteiro à pé. Nós estávamos bem animados para conhecer a cidade da Oktoberfest, a maior festa de tradições alemãs no Brasil e a segunda maior festa da cerveja do mundo. Fomos direto para Vila Germânica que é a grande estrela da cidade sediando todos os anos, em outubro, a Oktoberfest. Na verdade, Vila Germânica é um grande parque de exposições preparado para receber eventos e festas. Toda em enxaimel, abriga restaurantes com culinária alemã e música ao vivo, bares, cervejaria, lojas de souvenirs e produtos típicos. Aproveitamos para saborear o kassler defumado com salada de batatas, prato que amo.

Vila Germânica, Blumenau, Santa Catarina.
Vila Germânica, Blumenau, Santa Catarina.

Outros lugares legais que conhecemos em Blumenau


A Prefeitura de Blumenau que tem sua fachada revestida na técnica enxaimel, foi construída no local onde era a estação ferroviária da cidade. Assim como outros turistas, não resisti a fotografar a fachada do prédio. Em seu jardim está a 1ª locomotiva de Blumenau - "Locomotiva Macuca- que foi construída na Alemanha e veio para o Brasil junto com os materiais para a construção da ferrovia.
A locomotiva ganhou esses nome por fazer um barulho semelhante ao canto do pássaro macuco.

Prefeitura de Blumenau, Santa Catarina.
Prefeitura de Blumenau, Santa Catarina.

Ponte de Ferro
Funcionou de 1931 à 1971 para passagem da via férrea de Blumenau para Itajaí. Foi restaurada e hoje os carros trafegam por lá.

Rua XV de Novembro
A rua XV de Novembro é bastante significativa na história da cidade pois foi ali que  muitos colonizadores se estabeleceram desde sua fundação.Hoje é uma rua comercial e algumas bonitas casas antigas com fachada na técnica enxaimel abrigam bancos e outros estabelecimentos comerciais.

Theatro Carlos Gomes
Ainda na rua XV de Novembro chama atenção o Theatro Carlos Gomes, ex- Theatro Frohsinn. Construído em 1860, nasceu do desejo dos primeiros colonizadores de terem um local para que os apreciadores de apresentações musicais e teatrais pudessem ensaiar e se apresentar. Ainda hoje é palco de diferentes trabalhos.

Catedral de Blumenau
A Catedral é a antiga Igreja Matriz de Blumenau. De longe se vê a torre do sino. É uma construção moderna com bonitos vitrais coloridos.

Blumenau, Santa Catarina
Ponte de Ferro, Theatro Carlos Gomes, Catedral de Blumenau e Vila Germânica.
No mesmo dia pegamos a estrada e depois de 29 km chegamos à cidadezinha que eu tanto sonhava conhecer - Pomerode.


Viagem de carro por Santa Catarina – Pomerode



Pomerode, Santa Catarina
Pracinha do Portal Turístico Sul, Pomerode, Santa Catarina.
Charmosa e tranquila assim é Pomerode, conhecida como a cidade mais alemã do Brasil. A maior parte dos imigrantes que chegaram à essa região vieram, entre 1860 e 1880, da região da Pomerânia norte da Alemanha. Até hoje o idioma alemão é falado por grande parte dos moradores. Alguns se referem a Pomerode como "Nossa Pequena Alemanha".

Dois pórticos recebem os visitantes : O Portal Turístico Sul com fachada na técnica  enxaimel tem um centro de informações turísticas e lojinha de souvenir no térreo. Nós viemos de Blumenau e por isso chegamos à cidade por esse pórtico. O outro chama-se Portal Norte ou Pórtico do Imigrante Wolfgang Weege e é uma réplica em tamanho natural do Portal de Stettin, capital da antiga Pomerânia. Esse pórtico fica perto da entrada da Rota Enxaimel.

Pomerode, Portal Turístico Sul.
Pomerode, Portal Turístico Sul.

Portal Norte, Pomerode, Santa Catarina.
Portal Norte, Pomerode, Santa Catarina.

Pomerode tem lugar de destaque no Vale Europeu de Santa Catarina por ser a cidade com maior número de casas com a típica construção enxaimel fora da Alemanha. Enxaimel é uma técnica de construção que utiliza nas paredes hastes de madeira em diferentes posições e ocupa os espaços entre elas com tijolos ou pedras sem a utilização de pregos.

Nós percorremos de carro apenas um trecho da Rota Enxaimel, uma das atrações mais interessantes da cidade. A rota Enxaimel é um caminho rural com várias casas que foram construídas usando a técnica enxaimel em meio a bucólica paisagem. No bairro de Testo Alto encontram-se em torno de 50 construções mas em Pomerode são 220 construções que mostram essa bela herança dos colonizadores alemães.


Casa Zumach, Rota Enxaimel, Pomerode
A Casa Wily Zumach na Rota Enxaimel em Pomerode tinha uma parte comercial e outra residencial.


Rota Enxaimel, Pomerode, Santa Catarina.
Rota Enxaimel, Pomerode, Santa Catarina.


Rota Enxaimel, Pomerode, Santa Catarina.
Rota Enxaimel, Pomerode, Santa Catarina.
Estrada de terra, montanhas, bois pastando, casinhas de madeira parece que o tempo parou. Algumas casas da Rota Enxaimel são abertas a visitação mediante agendamento e outras permanecem como moradia de famílias e por isso não recebem visitas, só sendo possível admirar a parte externa.
Rota Enxaimel, Pomerode, Santa Catarina.
Rota Enxaimel, Pomerode, Santa Catarina.

Quando visitamos a cidade ela estava mais linda ainda pois já tinha sido ornamentada para a Osterfest, festa da Páscoa dentro da tradição alemã. Para saber como ela funciona veja o post : "Páscoa chegando, chocolates e viagem à vista".

Osterfest em Pomerode,Santa Catarina
Cidade ornamentada para a Osterfest em Pomerode, Santa Catarina

Ainda demos uma passadinha na loja da Cervejaria Schornstein, produzida na cidade, e visitamos a Praça Torgelow onde estátuas reproduzem uma cena de trabalho dos imigrantes como forma de homenagem aos 180 anos de imigração alemã em Santa Catarina. Desde 2008 Torgelow [cidade alemã] e Pomerode são consideradas cidades co-irmãs e autoridades dessa cidade são recebidas todos os anos em janeiro na Festa Pomerana.

Praça Torgelow , Pomerode, Santa Catarina.
Praça Torgelow , Pomerode, Santa Catarina.

Ao final desses dias encantadores voltamos a Florianópolis onde dormimos para embarcar rumo ao Rio de Janeiro na manhã seguinte.

Fazer uma viagem de carro por Santa Catarina é, com certeza, uma experiência enriquecedora. Há muito o que aprender com a história local, além de graciosas cidades, muitas paisagens belíssimas e praias de tirar o fôlego ! O tempo de duração dependerá das suas possibilidades, mas. seja por poucos ou muito dias, não deixe de desbravar esse destino incrível no sul do Brasil.


FOTOS : J.C. ALVAREZ

  1. Que delícia essa viagem por Santa Catarina! Em 2017 fizemos um roteiro parecido, mas não tão bem aproveitado como o seu de carro. Teremos que voltar pra melhor as cidades que não conseguimos aproveitar, uma delas, acredite, Floripa. Contratamos um empresa de turismo e fizemos um passeio pela cidade, mas não gostamos e não nos levaram no lugar que mais queríamos, Forte da Ponta Grossa, triste, né?! Voltaremos brevemente, pós pandemia. Adorei seu post, amei e seguirei a sua dica, desbravaremos de carro!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi,Deyse
      que legal que gostou do post e que ele poderá ser um auxílio numa próxima viagem. Santa Catarina é cheia de lugares especiais. beijocas

      Excluir
  2. Fiz uma viagem dessas no inicio do Mês, só que passei por 3 estados do sul do Brasil, não apenas Santa Catarina, hehee

    ResponderExcluir
  3. Eu adoro Santa Catarina, e anualmente ficamos lá nas férias de verão, mas só fomos nas praias, ainda não explorei a parte da serra, e lendo o teu post fiquei com vontade de ampliar os lugares por lá nas próximas idas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que vale a pena incluir e explorar as cidades do interior tambem. As praias são belíssimas e deve ser difícil abrir mão de estar em uma delas. beijocas

      Excluir
  4. Lilian, estou há tempos querendo fazer esse mesmo roteiro. Quando criança e também adolescente, viajávamos sempre pra Santa Catarina em família. Blumenau era minha segunda casa. Todos os anos íamos pra lá e de lá fazíamos bate-volta pra Floripa, Camboriú, Pomerode e Brusque. Vendo suas fotos e relato tive saudades e ainda mais desejo de voltar, agora com marido e filho que não conhecem Santa Catarina. Pensei em ir pra Floripa e voltar por Navegantes. Não sei se seria legal fazer assim, mas me lembro que as cidades não eram distantes. Obrigada pelo post completo. Amei! Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Cecília
      Como fico feliz que meu relato tenha te levado ao passado[ lembranças] e ao futuro[nova viagem] beijocas

      Excluir
  5. Santa Catarina, nossa querida vizinha, amamos o roteiro do blog. Realmente é muito bom andar de carro por estes caminhos. Praias deslumbrantes e muito para ver!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que beleza ser vizinha de um estado tão lindo ! beijocas

      Excluir
  6. Que roteiro maravilhoso por Santa Catarina, Lilian, adorei. Já estive em Blumenau, Pomerode e no ano passado conheci Floripa e Praia do Rosa, fiquei encantanda com este estado e como recebem bem os turistas.
    Pretendo voltar com a família inteira e conhecer algumas das praias que mostrou neste post, valem a pena pelo visto.
    Grande beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então você sabe que Santa Catarina tem lugares especiais. Volte com a família pois vão adorar. beijocas

      Excluir

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search