HUACA PUCLLANA, HUACA HUALLAMARCA E BOSQUE EL OLIVAR


Em Lima, no meio da cidade,em dois bairros diferentes, estão localizadas duas pequenas amostras do que foi a civilização pré-inca: Huaca Pucllana e Huaca Huallamarca. 

Huaca Pucllana fica em Miraflores. 









Pelos estudos feitos até o momento, pode-se afirmar que agricultores e pescadores viveram por toda área, hoje, conhecida como o bairro de Miraflores. E este lugar, Huaca Pucllana, em especial, foi inicialmente um lugar para troca de produtos e cerimônias religiosas, mais tarde um cemitério para o povo wari e depois um lugar para oferendas.  

Assim que você compra o ingresso [12 soles], é encaminhado para um hall para esperar a formação de um grupo que fará a visita guiada.


Enquanto esperávamos, fui conhecer o lindo restaurante, que fica nessa entrada, e estava sendo arrumado para um evento.








Logo, nossa guia chegou, organizou o grupo e começamos a visita. É uma área bem extensa, mas ainda há alguns setores sendo estudados.




Deve ter sido uma enorme surpresa às pessoas, que moravam no bairro, descobrirem que bem ali ao lado delas se "escondia" um tesouro histórico. 









Cada cultura tinha uma maneira de enterrar seus mortos. Nessa, eles eram mantidos sentados.








Os tijolos de "adobe" eram colocados como livros arrumados em uma estante pois dessa forma eles se movimentavam nos terremotos, mas não caíam.
Os pesquisadores colocam camada de cimento sobre a fileira de tijolos para proteger da chuva, mas mantêm as reentrâncias, para que saibamos que tinha outra camada de tijolos sobre esta. 





Em alguns espaços, foram recriadas as cenas que, possivelmente, fizeram parte do cotidiano do povo daquela cultura. 




Os guias do parque estão uniformizados, falam inglês com fluência, são muito pacientes com os turistas que querem fotografar "tudo", e dão uma aula de história de forma agradável, acrescentando informações sempre que alguém solicita. 



Esses animais são de verdade, típicos do Peru, e já faziam parte do cotidiano das civilizações pré-incas.




Huaca Huallamarca fica em San Isidro.

É um parque bem menor mas igualmente interessante. Após comprar o ingresso, por 5 soles, a visita é por sua conta. Eles sugerem começar o percurso pelo pequeno museu que fica próximo à portaria.




Os objetos expostos no museu foram encontrados quando começaram as escavações e estudos.











"Seus primeiros ocupantes foram os Huallas, do Vale de Lima, que conceberam o lugar como templo e centro administrativo durante 4 séculos [ 220 a.c./200 d.c.]. Mais tarde, Huallamarca foi abandonada como templo, já que as culturas Lima[ 200d.c.-600d.c.] e Ichma [ 700 d.c.-1000 d.c.] lhe deram um novo uso: o de cemitério. Finalmente, serviu como assentamento humano para algumas culturas pré incas durante 650 anos"
[ trecho retirado do verso do ingresso de Huallamarca ]  






 


 É incrível o tamanho das pirâmides feitas com tijolos de "adobe" [mistura de argila com palha, colocado em moldes de madeira para secar ao sol].







Aqui ainda acontecem também pesquisas e estudos. Enquanto fazíamos a visita, vimos profissionais trabalhando em áreas vedadas aos turistas.

O Bosque El Olivar fica também em San Isidro e é possível caminhar de Huaca Huallamarca até chegar à "esse verdadeiro parque". O bairro de San Isidro é muito bonito para uma caminhada: ruas residenciais, tranquilas e arborizadas.














Conta a história que um ex prefeito de Lima, em 1560, levou de Sevilha mudas de oliveira para Lima. E apesar de só 3 mudas terem sobrevivido à viagem, ele as plantou em San Isidro. Essa ótima ação deu origem ao Bosque El Olivar.





Não acreditei quando vi essa azeitoninha caída no caminho.




FOTOS : J.C. ALVAREZ



6 comentários

  1. Ao ver suas fotos tive que me lembrar que sempre me impressionava o fato de Lima não ter nunca sol. Todos os dias eu achava que iria chover, e na verdade nunca chove. hehehehe

    ResponderExcluir
  2. Olha! Que bacana! Ótimas informações, eu, particularmente , conheço muito pouco quase nada do Peru! :) Adorei, lindas fotos.

    ResponderExcluir
  3. Ai ai esses nomes Incas difíceis!!! Demorou para eu me tocar que já tinha ido em um dos dois primeiros, mas claro que não gravei o nome... hahaha... só fui perceber depois de ver as fotos!!

    ResponderExcluir
  4. Deve ser massa descobrir um lugar desse. Bela dica de viagem!!

    ResponderExcluir
  5. A história e cultura peruanas me atraem bastante, acho tudo muito interessante! Gostei muitos das suas fotos e relatos, achei muito diferente a disposição dos tijolos, realmente parecem livros! Bjs!

    ResponderExcluir
  6. Como uma colaboração quero dizer que os nomes desses animais (numa das fotos) são: "Llama", "Alpaca" e "Vicuña".

    ResponderExcluir