O QUE FAZER EM SEGÓVIA ?


Perto de Madri existem algumas cidades que podem ser conhecidas em uma "escapadinha" e, como nós já tínhamos ido até Toledo, decidimos, dessa vez, visitar Segóvia, fazendo um "bate e volta" .

Fomos de metrô [linha azul clara] da estação Porta do Sol até a estação Chamartin, conectada à estação de trem Renfe, e de lá pegamos o trem para Segóvia. Não dá nem tempo de se ajeitar na cadeira e já se chega ao destino.
O tempo de viagem foi de 27 minutos e a passagem, ida e volta, custou, por pessoa, 19,10 euros. 
Ao sairmos da estação, nos deparamos com esse congelante cenário .

Espanha
Adicionar legenda


E aí "uma senhora viagem" quase congelou de verdade !



Ao desembarcar na estação Guiomar-Segóvia, o indicado é pegar um ônibus, bem em frente à estação pois a cidade fica longe pra ir à pé.




E aí, o que fazer em Segóvia ?

A cidade é muito bonitinha e deve ser gostoso passear por suas ruelas. Mas, no dia que fomos, o frio estava muito intenso, então vimos apenas os pontos principais.
O Aqueduto Romano você verá - quer queira ou não - pois ele se coloca imponente na entrada da parte histórica da cidade, ou melhor, a cidade foi sendo construída em torno do Aqueduto. 


1] Aqueduto Romano

Foi construído entre os séculos I e II d.C. com o objetivo de trazer a água do rio Frio, distante 16 km, para abastecer a cidade. É uma construção espetacular e muito bem conservada, tendo sido utilizada até o final do século XIX .





Depois de muito admirá-lo, assim como os telhados branquinhos de neve, resolvemos seguir passeio, inicialmente observando a cidade .





2] Catedral de Santa Maria de Segóvia



É uma construção, em estilo gótico, do século XVI. Por seu tamanho e elegância, é chamada de Dama das Catedrais. O ingresso custou 3 euros e dá acesso ao Claustro, Museo e à igreja.









Claustro da Catedral





Partimos, então, para o Alcázar de Segóvia. Um palácio que fica na parte alta da cidade e que foi construído para servir como fortaleza, mas, também, foi usado como residência dos reis e como prisão.



Foi declarado, em 1931, Monumento Histórico e Artístico e ,atualmente, é uma espécie de museu.







Depois de visitarmos a Catedral, o Alcázar e o Aqueduto, passeamos pela cidade e finalizamos com um chocolate quente pois, apesar do sol ter saído, o frio estava intenso.

O bate e volta a Segóvia é tranquilo e rápido.


Para voltar, espere o ônibus no ponto que fica nessa praça muito perto do Aqueduto.



O ônibus vai até à estação de trem, e, em meia hora, você estará em Madri.



FOTOS : J.C. ALVAREZ



Um comentário

  1. Olá,
    Parabens pelo post no Blog! 
    Hoje em,dia qualquer dica, ajuda para quem quer morar for a ou fazer intercâmbio é válida. Visite o site da nossa agência de intercâmbio com base em Brighton na Inglaterra JapStudies.com (Juniors, Adults & Professionals Studies). Como nosso serviço é em sua maioria online os custos são muito mais baratos do que se comparado com as empresas no Brasil e você pagará seu curso diretamente para a escola através de uma transferência bancária internacional com a cotação do Banco Central.
    Entre em contato com a gente e peça um orçamento sem compromisso 
    Um forte abraço JapStudies.com

    ResponderExcluir