CASTELO NEUSCHWANSTEIN BATE E VOLTA DE MUNIQUE

Escolhemos nosso último dia em Munique para conhecer o Castelo Neuschwanstein, bate e volta de Munique onde estávamos hospedados.

O Castelo de Neuschwanstein fica na Alemanha, na região da Baviera próximo de Munique e da fronteira com a Áustria
Acho que esse é um dos castelos mais fotografados. Pudera, o danado é fotogênico !!!

Foto do site www.stroke.com.br

Nossa viagem foi no início de outubro e todas as previsões de tempo eram em torno de 15 graus. Nesse dia, os termômetros marcavam 6, o que para cariocas é um frio absurdo. Além disso, o tempo estava bastante nublado, então, nenhuma foto teve esse cenário acima como pano de fundo.



Dizem que esse lindo castelo inspirou Walt Disney a criar o Castelo da Cinderela. Foi construído a partir de 1868 a mando de Luis II da Baviera, uma pessoa considerada excêntrica, que gastou boa parte de sua fortuna para a construção de castelos na Baviera. 
O monarca Luis II tinha uma forte amizade com o compositor Richard Wagner e fascinação por suas óperas. A construção de Neuschwanstein foi inspirada na obra desse amigo.
O desenho do castelo foi feito por um desenhista de cenários teatrais, Christian Jan. Talvez, só um profissional como esse conseguisse conceber algo tão fantástico como o rei queria.    
Luis II faleceu em 1886, antes que as obras do castelo fossem concluídas e, assim, muitas coisas que tinham sido planejadas não chegaram a ser implementadas.  O monarca não queria que o castelo fosse visitado, mas, pouco depois de sua morte, foi aberto à visitação, sendo um dos lugares mais visitados da Alemanha até hoje.  


Quase todos os blogs de viagem sugerem essa visita para quem está em Munique e, acho que, realmente, não dá para perder esta oportunidade. 
Foi isso que nós também fizemos. 

Numa fria manhã, partimos da Hauptbahnhof para Fussen usando o Bayern Ticket


Ao chegarmos à estação, verificamos de qual plataforma o trem partiria. Fomos até lá, mas ele ainda não estava. Resolvemos "dar uma voltinha" e por pouco viajamos em pé. "Fique esperto" pois esse trem que vai para Fussen é um trem regional, portanto não tem lugar marcado. Ele chegou pouco antes do horário de partir. E apesar de ter 2 andares, em pouco tempo, estava lotado.


O trem leva 2 horas para fazer o percurso entre Munique e Fussen, porque faz muitas paradas pelo caminho, que por sinal é lindo: lugarejos com casinhas, igrejinhas, as terras cobertas de plantação e "vaquinhas da Milka" tomando sol.



Todos que estavam no trem desceram na estação de Fussen e a galera seguiu, como em uma procissão, para os ônibus. 
Ao lado da estação fica o ponto final do ônibus 78 que leva os passageiros da estação de Fussen até Hohenschwangau.

Eram 3 ônibus enormes, daqueles sanfonados, que logo ficaram lotados com muitas pessoas em pé. A passagem é paga ao motorista. 

A cidade de Fussen é uma graça e Hohenschwangau também, mas não deu tempo para passearmos por nenhuma das duas. 

Descendo no ponto final em Hohenschwangau é necessário andar uns 100 metros para chegar à bilheteria. 



Nós não compramos as entradas pela internet para não ficarmos presos a ter que fazer o passeio no dia agendado. Se arrependimento matasse, eu não estaria aqui pra contar essa história. Simplesmente, esperamos 1 hora na fila - sem ser alta temporada - e, mesmo assim, só conseguimos ingressos para 15h55min e visita guiada em inglês. 

No saguão, onde os ingressos são vendidos, há painéis eletrônicos mostrando  horários disponíveis para visitação, nº de ingressos disponíveis para cada horário e o idioma da visita guiada. Tem até visita com áudio guia em português. Os painéis vão sendo atualizados em tempo real, isso é bom, pois quando chega-se à bilheteria, o atendimento é mais rápido.

Muitos restaurantes/pousadas no trecho de estrada entre a bilheteria e a subida propriamente dita.




   
Caminhada, charrete ou ônibus são as opções para chegar ao Castelo Neuschwanstein


Nós fomos, à pé, apreciando a estradinha que estava toda colorida, em diferentes tons de laranja, amarelo e verde, característica do final de outono.


Após 15 minutos de caminhada, chegamos a um platô - ponto dos ônibus -, de onde se avista o castelo e onde todos os turistas vão clicá-lo de um outro ângulo.



Se vê também o lindo vale e as montanhas.



Essa é uma paisagem que alimenta o espírito de tal forma, que a gente se esquece do tempo.

 Depois de passar por um dos grandes portões do Castelo, chega-se a uma espécie de pátio interno, onde os turistas aguardam a vez de fazer a visita guiada. 




Desse lugar dá para ver a Marienbruck, infelizmente fechada para obras.



Enquanto esperávamos, meu filho pegou uma estrada que chega mais perto da ponte e de lá fotografou o castelo.



Esse é o painel que anuncia o nº do tour "491" e o horário 15:35. Nele também aparecem os tours seguintes. Cada tour começa de 5 em 5 minutos. No ingresso tem o nº do tour e o horário, dessa forma as pessoas se organizam e ficam próximas do local de entrada.   



Quando chegou a nossa vez, entramos bem animados, mas logo desistimos de acompanhar as explicações da guia que falava, em inglês, como uma metralhadora. Eu não entendia nada, até aí não tem novidade, já que meu inglês é bem básico, mas meu filho também não conseguiu acompanhá-la.

O Castelo foi projetado para ter muitos cômodos que não chegaram a ser construídos. 
Não é permitido fotografar o rico interior, então, pesquisei fotos nos sites citados só para vocês terem uma ideia.

Foto do site www.lufthansacc.com
Terminado o tour, descobrimos uma varanda do Castelo cheia de turistas e lá fomos nós registrar tudo para o blog.



Bem, na saída demos de cara com essa maquete.


Caminhamos até a cidade de Hohenschwangau e não resistimos conhecer o lago e o entorno antes de pegar o ônibus, que nos levaria até a estação de trem.  

O "Museum der Bayerischen Könige"/ Museu dos reis da Baviera e o restaurante Alpenrose am See ficam em casarões à beira do lago Alpsee.







Nós caminhamos até a parada do ônibus 78, que nos deixou na estação ferroviária em Fussen a tempo de voltarmos para Munique no trem das 18h06min.


Leia também





FOTOS : J.C. ALVAREZ e PEDRO PERRI

15 comentários

  1. Lindo demais né? Não consegui visitar da 1a vez, voltei 1 ano e meio depois para visitá-lo!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi,Fernanda obrigada pela visita. É mesmo muito lindo !

      Excluir
  2. O castelo é mesmo cinematográfico. Lindo demais. Nunca fui à Alemanha (tirando o aeroporto) e realmente os castelos são o que mais me atraem no país. Está na minha longa e interminável lista....
    Abraço
    Ruthia d'O Berço do Mundo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi,Ruthia
      Quando puder visite a Alemanha pois as cidades são muito bonitas e bem cuidadas.
      Obrigada pela visita,beijinhos. Lilian

      Excluir
  3. Lindo seu post deste castelo. No lago eu não fui... Preciso voltar.

    ResponderExcluir
  4. Lindo seu post deste castelo. No lago eu não fui... Preciso voltar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi, Flora
      obrigada pela visita. Tudo é lindo por lá,pena que não deu tempo para visitar Fussen.
      beijocas, Lilian

      Excluir
    2. oi, Flora
      obrigada pela visita. Tudo é lindo por lá,pena que não deu tempo para visitar Fussen.
      beijocas, Lilian

      Excluir
  5. Lilian,

    Que fotos lindas de outono.
    Nós infelizmente pegamos um dia feio de chuva e isso contribuiu para que a visita não fosse tudo aquilo que eu imaginava.
    Terei que voltar para apreciar essas belas imagens que vocês viram ao vivo. Muito lindo.
    Beijos, Fran

    ResponderExcluir
  6. Acabei de reviver meu passeio por lá! Um lugar muito especial, né? Amei muito as fotos! Parabéns! Beijos!!

    ResponderExcluir
  7. Gente, deve ser incrível ver pessoalmente todas essas paisagens!!! Esse lago lindo, essa vegetação, as construções, um sonho! Concordo plenamente com a expressão alimentar o espírito! Bjs!

    ResponderExcluir
  8. Esse castelo é lindo demais! O padrinho da minha filha pediu a esposa em casamento lá! Acho que mais romântico impossível né? Amei seu post!

    ResponderExcluir
  9. Acredito que o bate e volta foi o mais proveitoso possível. Eu tenho muita vontade em conhecer verdadeiros castelos desse naipe. Que coisa mais maravilhosa Li! Adorei. Que capricho de post. Besitos.

    ResponderExcluir
  10. Que castelos maravilhosos, quero levar minha filha aí! Babei nestas fotos, os cenários parecem saídos de filmes! Amei muito!

    ResponderExcluir
  11. Esse castelo é um espetáculo! Sonho em conhecê-lo desde sempre!
    Amei o post!

    ResponderExcluir