O que fazer em Berlim, Alemanha ?

Berlim é uma cidade cheia de energia, história e tem muita coisa interessante para ser visitada. Então, para ajudar, deixo aqui algumas dicas daquilo que você não pode perder.
Visitamos a cidade em um lindo outono europeu com céu azul e frio gostoso.

 

Programas legais em Berlim

1] Portão de Brademburgo

É um ícone da cidade e um dos pontos turísticos mais fotografados. É bonito quando visto de dia, mas, à noite, quando está iluminado, tem uma beleza especial.
Foi construído entre 1789 e 1791 por ordem do rei da Prússia, Friedrich Wilhelm II, no lugar onde, anteriormente, ficavam as portas da cidade. É imponente com suas colunas e a Quadriga.
Durante a Segunda Guerra Mundial ficou bastante danificado e, no período em que Alemanha esteve dividida, ficou praticamente isolado, muito próximo ao Muro de Berlim.
O Portão de Brademburgo, desde 1989, é Símbolo da Reunificação da Alemanha.
É uma atração gratuita e fica na Pariser Platz.

 

2] Reichstag

Reichstag é o nome do prédio onde funciona o Parlamento, que se chama Bundestag.
É um belo prédio em estilo neoclássico que contrasta com a parte moderna representada pela cúpula de vidro. Não é à toa que o Reichstag também é muito visitado pelos turistas. A visita guiada pela cúpula e terraço é bem interessante e lá de cima a vista da cidade é muito bonita.
Construído entre 1884 e 1894, tinha como destaque, na época, a cúpula em aço e vidro.
Durante a 2 ª Guerra Mundial, o Reichstag foi usado para fins militares e, ao final da mesma, estava destruído. Apesar de ter sido restaurado enquanto a Alemanha esteve dividida, foi usado, ocasionalmente, para exposições e reuniões. Em 1990 passou por obras de reforma e ampliação, ganhando nova cúpula de vidro e foi reinaugurado, como sede do Parlamento, em 1999.
É uma atração gratuita. MAS, a visita só pode ser feita se agendada. 

Para informações sobre "Como visitar o Reichstag", clique aqui no blog agendaberlim e siga o passo a passo.


3] Ilha dos Museus

A Ilha dos Museus ou Museumsinsel é Patrimônio Mundial da Unesco. É uma ilha no meio do rio Spree, que também poderia se chamar "paraíso dos museus", onde encontram-se 5 fantásticos museus: Museu Pergamon, Altes Museum, Neues Museum, Museu Bode e Alte Nationalgalerie. 
O acervo de cada museu é valiosíssimo e, portanto, todos merecem ser visitados.
# Pergamon  É o museu mais visitado de Berlim. Tem três setores, na verdade "três pequenos museus": Coleção de Antiguidades Clássicas, Museu do Antigo Oriente Médio e Museu de Arte Islâmica.
# Altes Museum  É o mais antigo de todos os museus da ilha. Seu acervo é composto de Arte Grega e Romana.
# Neus Museum  É onde está a Arte Egípcia, História Antiga e Pré História. Destaque para o busto de Nefertiti.
# Bode  A Arte Bizantina é a grande estrela do museu.
# Alte Nationalgalerie  Coleções de pinturas do Impressionismo, Romantismo e Classicismo.
Não é uma atração gratuita. Existem 3 opções de ingresso: o ingresso para cada museu, o "Area Ticket [one day all museum] e o Museum Pass Berlim[ ticket válido para 3 dias].


Bode Museum em Berlim


4] Catedral de Berlim 

A belíssima Catedral de Berlim está majestosamente localizada na Ilha dos Museus, às margens do rio Spree. É uma igreja protestante em um prédio em estilo neoclássico e é, também, a maior da cidade. Sua história começou por volta de 1465 como uma capela, a de St. Eramus. Em 1747, uma nova igreja foi construída em substituição à capela. Novamente, em 1894, outra construção, com a aparência e tamanho atual, se inicia para representar melhor a monarquia.  

Catedral de Berlim

5] Avenida Unter den Linden

É uma avenida muito bonita, larga e arborizada. Liga a Schlossbrucke [Ponte do Castelo] a Pariser Platz, onde está o Portão de Bradembrurgo. Ao longo dela, lojas, restaurantes e prédios históricos: Universidade Humboldt, Staatsoper [ Ópera], Bebelplatz [ Praça onde ocorreu a queima de livros ordenada por Hitler], Neue Wache [Memorial em homenagem às vítimas da Segunda Guerra] entre outros.
É uma atração gratuita.


Universidade Humboldt, Berlim


6] Gendarmenmarkt

É uma grande e linda praça, onde ficam duas igrejas muito parecidas, uma em frente a outra. Uma francesa, a Catedral francesa/Französicher Dom e a outra, a Catedral Alemã/Deutscher Dom. E, entre elas, a Casa de Concertos, Konzerthaus.
É uma atração gratuita.

Gendarmenmarkt em Berlim

7] Potsdamer Platz/ Sony Center  

 É um ponto turístico e símbolo de Berlim, próxima do Reichstag e do Portão de Brademburgo. Essa  praça com prédios modernos, tem entre eles, o Sony Center, que é composto de lojas, restaurantes, centro de conferências, hotéis, cinema e prédio de escritórios. Seu nome é devido ao portão de Postdam, um dos portões da muralha que cercava a cidade de Berlim. Desenvolveu-se muito antes da Segunda Guerra, mas foi praticamente destruída durante a mesma. No período que a Alemanha esteve dividida, essa área foi abandonada.
É uma atração gratuita.


Sony Center em Berlim


8] Topografia do Terror 

É um museu com uma ampla área externa. O museu funciona em um moderno prédio com uma exposição permanente sobre a história do Nazismo. Já na área externa, diferentes exposições temporárias são montadas com temas variados. Na época em que visitamos, o tema era a "Destruição de Varsóvia". Lugar emocionante. A visita é imperdível.
No local, onde hoje está esse memorial, funcionou a Gestapo e a SS.  E, depois de 1961 até 1989, o Muro de Berlim passava por ali também. 
É uma atração gratuita.  


Topografia do Terror Berlim


9]  Checkpoint Charlie

Foi o nome dado pelos Aliados ao posto militar entre Berlim Ocidental e Berlim Oriental durante o período denominado Guerra Fria. Nesse local havia a fiscalização dos militares que tinham permissão para cruzar essa fronteira. É um local muito visitado por turistas.
É uma atração gratuita.


Checkpoint Charlie em Berlim
  

10] Memorial do Holocausto

Blocos de cimento de diferentes tamanhos ocupam uma imensa área formando esse Memorial dedicado aos seis milhões de judeus dizimados pelos Nazistas durante a Segunda Guerra. É possível andar entre esses grandes blocos. Um grande espaço subterrâneo abriga uma sala de documentação sobre vítimas do Holocausto. Lugar de visitação impactante.
É uma atração gratuita
 
Memorial do Holocausto em Berlim


11] Alexanderplatz, Marienkirche, Prefeitura, Torre de TV 

Alexanderplatz é a maior praça de Berlim e uma região muito procurada, pois, próximo à ela, estão vários atrativos da cidade, assim como um comércio legal e a estação Central de trem. Muitos transportes públicos têm ponto de parada nessa praça, tornando-a uma referência. Ainda na área da praça está a Marienkirche, uma das mais antigas igrejas protestantes de Berlim. Também, na praça, a Torre de TV que oferece, do alto de seus 368 metros, uma linda vista da cidade. Perto dali está um imenso prédio de tijolinhos vermelhos que abriga a Prefeitura, conhecida como Rotes Rathaus [Prefeitura Vermelha] 
Atrações gratuitas, com exceção da Torre de TV. 


Alexanderplatz em Berlim

12] Passeio de barco pelo rio Spree

Uma delícia ver a cidade à bordo do barco que desliza pelo rio Spree. Várias empresas oferecem os mais diferentes passeios pelo rio: passeio noturno; passeio de 4 horas com paradas; passeio passando pelas pontes; passeio com jantar; passeio de 1 hora pelos principais pontos turísticos.
Atração paga.


Passeio pelo rio Spree


13] Hackescher Markt 

É uma praça com uma estação de metrô e vários restaurantes e bares embaixo dessa estação. Nas ruas próximas ficam lojas de comércio alternativo de roupas, sapatos, bijouterias. Na rua, onde estão os restaurantes, sempre tem apresentação de músicos de rua que animam a tarde e a noite dos frequentadores. 
Atração gratuita. 


Hackescher Markt



14] Nikolaiviertel

É um bairro charmoso que parece um vilarejo medieval. Restaurantes, cafés, lojas de souvenirs, lojas de roupas e acessórios movimentam o bairro. Fica às margens do rio Spree. Em suas ruas não circulam carros e seus prédios são réplicas das construções originais. A mais antiga igreja de Berlim, a Nikolaikirche, com suas duas torres verdes pontudas, é destaque no bairro. Foi aí que começou a cidade de Berlim, por volta de 1230. Sofreu grande destruição na Segunda Guerra e assim ficou durante muitos anos, onde somente houve um trabalho de reconstrução do bairro, por volta de 1980.
Atração gratuita.


bairro Nikolaiviertel em Berlim


15] Charlottenburg  Schloss

Era a residência de verão de Sophie Charlotte, primeira rainha da Prússia. Esse castelo, que é o maior da cidade, fica no bairro de Charlottenburg-Willmersdorf, um pouco afastado dos pontos turísticos, mas facilmente acessível de metrô. Funciona como um museu com vários prédios a serem visitados e, para os quais, é necessário adquirir ingresso. Tem jardins belíssimos, lago e trilhas que podem ser visitados gratuitamente. No final do parque está o rio Spree que emoldura a beleza desse lugar de forma espetacular.
Atração paga [museus] e gratuita[parque]   


Palácio Charlottenburg em Berlim

16] Kaiser-Wilhelm Gedächtniskirche

 É o nome da igreja antiga, mas na realidade, você visita duas igrejas, pois são dois prédios: o antigo, o original e o danificado pela Segunda Guerra. É como se fosse um memorial. A igreja Memorial Imperador Guilherme foi construída entre 1891 e 1895, por ordem do Imperador Wilhelm. Era uma igreja grande com várias torres e belíssimos mosaicos revestindo suas paredes.Os restos, de apenas uma das torres, estão mantidos no local e é possível entrar para visitar. O prédio, em formato octogonal, abriga a igreja "nova" e tem suas paredes formadas por quadrados de vidros azuis que refletem uma luz linda no ambiente. A Gedächtniskirche fica afastada dos pontos turísticos, mas é acessível de metrô.
É uma atração gratuita.


Igreja Memorial Imperador Guilherme I


Nós passamos 5 dias em Berlim e pudemos curtir bastante a cidade. Mas, com certeza, não vimos tudo que a cidade pode oferecer, nem era essa a nossa intenção.
As atrações turísticas em Berlim são acessíveis à pé, mas, também, é fácil circular de metrô para chegar até elas.
Comparada à outras cidades europeias, Berlim, não é uma cidade cara.
Berlim é uma cidade com cicatrizes deixadas pela Segunda Guerra e pela Guerra Fria, mas, também, marcada pela Reunificação e Reconstrução. Posso garantir que você vai se apaixonar por Berlim.


Organizando sua viagem para Berlim ? Se quiser uma dica de hotel clique aqui.

                                                             

                                                       FOTOS : J.C. ALVAREZ 


LEIA TAMBÉM

Berlim
Onde Se Hospedar em Berlim?

Frankfurt
Onde se Hospedar em Frankfurt? Dica de Hotel perto da Hauptbahnhof
O que fazer em Frankfurt no 1º dia?
O que visitar em Frankfurt?

Munique
Conhecendo Munique: o que fazer no 1º dia?
Campo de Concentração Dachau: bate e volta de Munique
AirBNB, Uma ótima Dica de Hospedagem em Munique
Onde Comer em Munique?


Nuremberg
Nuremberg 1º dia: St. Lorenz, Frauenkirche, St. Sebald e Kaiserbur
Nuremberg 2º dia: Como ir ao Dokumentationszentrum?
Passeio noturno por Nuremberg / Onde comer em Nuremberg?


9 comentários

  1. Que maravilha quase tudo gratuito. Imagina morar em um lugar assim? Com tanta oferta cultural e sem pagar nada... belas dicas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. muito bom, né ? curtir a cidade em várias atrações sem gastar. beijocas

      Excluir
  2. Uau! Que lista maravilhosa! Quem vai pra Berlim não pode deixar de ler!

    ResponderExcluir
  3. Adorei! Desde que meu marido foi a trabalho pra Berlim e me contou um pouco sobre lá e me mostrou as fotos fiquei super interessada em conhecer a cidade! Adorei as dicas e com certeza todos esses lugares entrarão o meu roteiro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Simone. Quando tiver oportunidade aproveite pois vai adorar Berlim

      Excluir
  4. Lilian, adoro posts completinhos assim! Muito bom mesmo! Vou guardar as dicas para quando eu tiver o privilégio de conhecer esta cidade!

    ResponderExcluir
  5. Que delicia de post! É como estar por lá passeando! O grande desafio é conseguir pronunciar esses nomes difícieis....rs Lindo! Ainda nao conheci, só fiquei com mais vontade. Beijos.

    ResponderExcluir