LISBOA 5º DIA CASCAIS

Uma amiga, que viajava para Portugal quase todos os anos, me sugeriu ir logo conhecer Cascais, porque, com certeza, ficaria apaixonada e iria querer voltar lá todos os dias. 

Saímos cedo do hotel e fomos de metrô até a praça do Comércio. De lá caminhamos até o Cais do Sodré para pegar o trem com destino a Cascais.

Segundo consta no blog www.projectocascais.blogs.sapo.pt, Cascais foi reconquistada dos árabes e passou para as mãos dos reis portugueses, no século XII. Foi elevada à categoria de vila no final do século XIV, e, por volta de 1870, suas praias passaram a ser frequentadas pela família real.

Tudo em Cascais é bonito e bem cuidado.
Há recantos especiais como o "Largo da Praia da Rainha". 













Durante o passeio, falei,inúmeras vezes, "gente, olha que coisa linda", e ali permaneci parada a admirar os belíssimos cenários. 

Voltei de Portugal me perguntando por que esperei tanto tempo para conhecer um país tão legal ?








Fomos beirando o mar até Boca do Inferno. Até o caminho é fantástico. Não sei por que um nome tão feio para um lugar de beleza indescritível ????














A cidade de Cascais é cativante, logo desperta aquela vontade de morar ali. Suas praças e ruas são arborizadas, com muitos casarões, e, ao mesmo tempo que tem um ar elegante, tem jeito de cidade do interior.













No caminho para "Boca do Inferno", uma linda propriedade chamou nossa atenção. Então, quando retornamos, fomos ver do que se tratava.
É o museu Conde de Castro Guimarães. O prédio, que é um palácio, foi construído em uma ampla área ajardinada e pertenceu ao Conde. Ele, ao falecer, doou à cidade para ser um museu e biblioteca. Merece uma visita!










 







Passamos, também, pelo Farol de Santa Marta, cujo espaço abriga um museu, apesar de continuar funcionando como farol.






Cascais, por situar-se em lugar estratégico, abrigou, ao longo da história, algumas fortalezas. Uma delas é hoje um hotel de luxo "Pousada Cascais".








Fizemos todo passeio por Cascais à pé. Depois fomos, pela orla de Cascais, até Estoril, que também é uma caminhada deliciosa. Pensamos,de numa próxima viagem,ficarmos hospedados uns dias em Cascais,que é um lugar a ser desfrutado de manhã, à tarde e à noite.


Esses prédios, na orla de Estoril, destoam do entorno. São prédios do condomínio Estoril Sol Residence, popularmente conhecido como o "prédio dos Angolanos", pois vários apartamentos de luxo foram comprados por angolanos ricos.









O pôr do sol nessa orla é daqueles que merece aplausos !








Terminamos nosso dia, na certeza de que, em breve, voltaremos a Cascais.




FOTOS: J.C. ALVAREZ



Leia também:


7 comentários

  1. Lilian, que lindo! Suas fotos sempre encantam! Que passeio bacana!!! Beijos

    ResponderExcluir
  2. Cascais é uma graça mesmo. Gosto bastante. Muito legal o post. Abraço.

    ResponderExcluir
  3. Amiga, adoro Cascais sem ter conhecido....Meus pais foram e se apaixonaram, ficam até hoje discursando sobre o lugar, e meu pai, diz que quer se aposentar por lá....rs É lindo mesmo, vc reforcou isso! Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se eu pudesse tb me aposentaria por lá, é uma cidade muito lindinha e pertinho de Lisboa.

      Excluir
  4. Ainda não conheço, mas já me apaixonei! é possível isso? Meu coração tá dizendo que sim!
    Adorei as fotos (principalmente da Boca do inferno) Ia amar conhecer!

    ResponderExcluir
  5. Lilian, sou sua fã de carteirinha! Amo suas dicas e sugestões de passeios e viagens. A forma como você os relata, é como se eu estivesse lendo uma história, onde me teletransporto para os lugares que visitou, tamanha delicadeza de textos. Bem, tudo isto é para dizer que, no meio desse ano (2017), meus pais irão a Portugal e estão preparando o roteiro da viagem, lendo - atentamente e encantados - suas postagens sobre a "Terrinha". Nunca deixe de viajar e de nos relatar suas aventuras para nos inspirar a fazer - como você diz - "Uma Senhora Viagem"!!!! Bj...

    ResponderExcluir