MILÃO 1º DIA


Milão foi uma grande e feliz surpresa,digo isso porque imaginava,por muitos comentários ouvidos,uma cidade grande,muito movimentada e sem especiais atrativos.Discordei dessas opiniões e adorei a cidade.
  
Chegamos a Milão através de um vôo low cost e no próprio avião compramos, com desconto, os tickets para o translado de ônibus aeroporto/estação Milano Central.De lá seguimos à pé para o hotel pois ficava relativamente perto mas quem precisa do metrô para ir para o seu hotel pode pegá-lo aí mesmo na estação,é só descer pois o metrô fica no subsolo. A estação é enorme e muito bonita ficamos de voltar para apreciá-la com calma.


Lugares para visitar:

Duomo,Galleria Vittorio Emanuele II,Teatro Alla Scala,Pinacoteca di Brera,Castelo Sforzesco,Parco Simpione,Arco della Pace, 


Ficamos em Milão apenas 3 três dias mas um deles estava reservado para o lago Di Como,assunto do post seguinte.

Saímos do hotel com mapa nas mãos procurando o Duomo e eis que,de repente,começou uma típica chuva de verão.Assim que a chuva passou os turistas saíram de todos os lugares.

Ao lado do Duomo uma feira de carros antigos deixou meu marido,que ama carros,quase que titubeante entre o que apreciar primeiro. 














1] O Duomo,ou seja,a catedral de Milão fica em uma praça chamada Piazza del Duomo,no centro de Milão.É uma catedral enorme e belíssima.

Milhares de turistas fazem pose na frente dessa igreja que em estilo gótico apresenta tantos detalhes em sua parte externa que vale,antes de entrar para conhecê-la,dar uma volta em torno da mesma e observar o "rendilhado"esculpido em mármore que enfeita suas paredes e torres. É isso mesmo o Duomo é revestido em mármore,material nobre que confere a construção um ar mais elegante.

Sua construção que teve início em 1386 só foi considerada finalizada em 1806.

É lindíssima !!! 



  





2] Em frente ao Duomo está outro ponto de interesse turístico a Galleria Vittório Emanuele II. Seu nome é uma homenagem ao 1º rei da Itália.


Ao entrar escolha o que observar primeiro o teto,o chão,suas paredes internas ou as lojas e restaurantes. 



Seu piso é revestido por mármores de diferentes cores e formam desenhos.




Seu teto é todo em ferro e vidro e há uma enorme clarabóia sobre um hall redondo  onde os "braços" da Galleria se encontram.Próximo ao teto painéis com belíssimos mosaicos.  









Cafés e tradicionais restaurantes também são encontrados na Galleria.
Quanto as lojas são todas maravilhosas como tantas outras que existem pelas redondezas. Ali perto está o "quadrilátero da moda" formado pelas ruas: Via Alessandro Manzoni,Via Della Spiga,Via Pietro Verri e Via Monte Napoleone.
Passear por ali é um colírio para os olhos !

 E a noite a Galeria Vittorio Emanuele II também é linda !



3] A Galleria está em frente ao Duomo de um lado e do outro está em frente a uma pequena praça onde fica o Teatro Alla Scala. Este é um dos mais famosos teatros de óperas do mundo. 





Por fora não chama atenção mas dizem que por dentro deixa os visitantes de queixo caído.

Muitos compositores famosos,assim como,cantores de ópera têm se apresentado no Alla Scala ao longo de sua existência,foi inaugurado em 1778. 

4] Dali seguimos à pé para o bairro de Brera onde queríamos visitar a Pinacoteca di Brera,localizada no Palazzo Brera.




No Palazzo Brera encontra-se também a Academia de Belas Artes,a Biblioteca Nacional e o Instituto de Ciência e Literatura.


A Pinacoteca expõe obras de Modigliani,Caravaggio,Tintoretto,Rafael entre outros artistas.Muitas dessas pinturas foram doadas por particulares e outras destinadas a esse local quando ordens religiosas foram extintas no século 
XVI.

5] Castelo Sforzesco



Construído no século XIV como fortificação,passou mais tarde por obras se tornando moradia.
Ao longo dos séculos recebeu embelezamentos até de artistas como Leonardo da Vinci assim como sofreu danos devido a ataques.
Foi propriedade dos espanhóis depois dos austríacos e chegou a ser ocupado por Napoleão.
Após a 2ª guerra mundial quando foi bombardeado começaram a ser feitas obras de restauração.

Atualmente abriga o museu Egípcio,o museu de Arte Antiga,o museu de Instrumentos Musicais,o museu da Pré-História,o museu de Móvel e outros ambientes culturais.






6] Atrás do Castelo há um fantástico parque,o Parco Simpione, com jardins,áreas 
gramadas,lagos,quiosques de lanches,estátuas. 



 De onde você estiver verá o Castelo Sforzesco de um lado.



E o Arco della Pace do outro.




Vale andar mais um pouquinho para chegar bem perto do Arco que "demarca" o "final" do Parco Simpione. 

O Arco della Pace começou a ser construído para ser um Arco do Triunfo quando Napoleão se tornou rei da Itália.Sua conclusão foi ordenada pelo imperador Franz Joseph I e se transformou em um arco para homenagear a paz selada no Congresso de Viena. 





Para finalizar nosso 1º dia em Milão fomos comer no bairro Brera,que é um lugar gostoso para passear sem destino certo: muitas lojinhas de roupas e bijouterias,restaurantes.






Esse foi o restaurante que escolhemos e amamos: "Ristorante Nabuco".



Eu escolhi uma lasanha tradicional e meu marido um tagliatele com camarão e cogumelos.Comida deliciosa e preço ótimo !
O ristorante Nabuco fica na Via Fiori Chiari 10,Brera.





FOTOS : J.C. ALVAREZ 



Nenhum comentário